Ouro Preto: mesmo sem lâmpadas nos postes, moradores pagam por taxa de iluminação pública

Luz(1)Moradores da rua Cristo Rei, trecho entre a Padre Adolf Rohl e Migrantes, bairro Alvorada, reclamam da escuridão em que se encontra a rua em que eles residem. Mesmo pagando taxa de iluminação pública, naquele local não há nenhuma lâmpada nos cinco postes ali existentes.

Indignado, um dos locais fez questão de mostrar sua conta de energia e destacar o valor de R$ 8,67 cobrado referente à contribuição de iluminação pública e ressaltou que nos postes de sua rua não existe nenhuma lâmpada e os que moram ali ficam à mercê da total escuridão.

“Há meses foram instalados os postes em nossa rua e nos informaram que rapidamente iriam instalar as lâmpadas. Só que o tempo foi passando e nada da iluminação pública. Mas, não esqueceram de cobrar a taxa, isso eles não esqueceram mesmo a rua estando no breu total”, desabafa uma das moradoras.

luz2Nossa equipe de reportagem foi ao local e pode constatar a veracidade da denúncia. E testemunhou que, ao anoitecer, além de aquela via ficar na total escuridão, também põe em risco a segurança daqueles moradores. E, como se já não bastasse, em frente a essas residências existe um igarapé que está coberto por um matagal, causando ainda uma maior insegurança.

O assessor especial de obras, Luiz da Garagem, informou que a administração aguarda somente o processo licitatório para que sejam adquiridas as lâmpadas. Após a conclusão do certame, dentro do prazo aproximado de 30 dias, será feita a instalação.

Fonte: Gazeta Central

Deixe o seu comentário