Parada cardiorespiratória mata jovem jornalista da Família Labajos, em Vilhena

VILHENA – É com profundo pesar que o Jornal Folha de Vilhena informa o falecimento de um de seus jornalistas: Abel Labajos Ruiz. Sempre prestativo e educado, o jovem faleceu com apenas 24 anos no fim da tarde deste domingo (31 de maio), vítima de uma parada cardiorespiratória. Abel estava internado no Hospital Regional de Vilhena, desde a última quinta-feira, 29.

Amado por familiares e amigos, Abel Labajos sofria de Síndrome de Marfam. No começo da semana, começou a apresentar sintomas como falta de ar, e precisou ser levado ao Hospital. Nesse sábado, 30, a médica que o atendia informou que o quadro poderia ter sido causado por complicações no coração.

O jornalista estava com um inchaço no órgão, que pressionava os pulmões. Neste domingo, Abel sofreu quatro paradas cardiorespiratórias, das quais a última o vitimou.

Conhecido por sua amizade, sua educação e seu profundo respeito, o jovem deixará saudades nos corações daqueles que puderam desfrutar de sua companhia. A cerimônia fúnebre acontece na Capela Cristo Rei.

Ao ensejar deste momento, o expressaorondonia.com.br se solidariza com o jornalista Osias Labajos, fundador da folha de Vilhena e pai de Abel, ao tempo em lamenta profundamente a perda tão precoce deste companheiro de profissão. À família Folha de Vilhena, em especial à família Labajos rogamos o refrigério celeste e que o Criador o recebe em sua morada eterna, ao tempo em que dê conforto aos familiares e amigos.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA