Porto Velho: Dia das Crianças impulsiona vendas no comércio

criançasComemorada no mundo inteiro, o Dia das Crianças tem data diferente em vários países. Cada lugar escolhe o dia e o mês de acordo com símbolos locais e, consequentemente, o tipo de comemoração. A data 12 de outubro é para as crianças brasileiras. Neste período as vendas de brinquedos, roupas, calçados e, principalmente, eletrônicos aumentam consideravelmente, aquecendo a economia em todo o País.

De acordo com o vice-presidente da Associação Comercial de Rondônia (ACR), Vanderlei Oriani, o comércio local mais uma vez está preparado para atender estas necessidades. A expectativa de vendas no Estado, para esta semana, é de 18,6%, significando um aumento de 6,6% em relação ao ano passado. “Nossa cidade passou por situações bem difíceis por causa das enchentes, ocorridas no início deste ano; apesar disso, o comércio local vive seu melhor momento. Houve uma visível recuperação e as vendas estão aquecidas; esperamos um faturamento de mais de R$ 70 milhões, otimizados pelas comemorações alusivas ao Dia das Crianças”, afirma Oriani.

Comerciantes precisam ser mais cautelosos

Mas o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio-RO), Raniery Coelho, disse que é preciso ter otimismo com cautela e que “o fim da greve dos bancários e a procura pelos eletroeletrônicos podem melhorar as vendas no comércio local”. Ele informou que foi feita uma sondagem para saber a opinião de 130 lojistas – sem incluir o Porto Velho Shopping – sobre a projeção de crescimento da economia neste período e a expectativa deles é em torno de 5% em relação ao ano passado. O segmento de artigos de uso pessoal e doméstico deve ter uma expansão de 5,9%; enquanto que os ramos do varejo – hiper e supermercados, vestuário, livraria e papelaria – que costumam apresentar um crescimento sazonal devem registrar altas modestas em torno de 3%.

Pais querem agregar mais valores a data

O comércio em Porto Velho vai atender ao público-alvo neste 12 de outubro e os pais são estimulados a irem às compras. Entretanto, há aqueles que consideram que é importante agregar mais valores a esta data festiva. Para o acadêmico de medicina, Ferdinando Finger – pai de Júlia de um ano e três meses – são muitos os benefícios que pais e filhos têm quando estão experienciando momentos de lazer. “Hoje estou aproveitando uma folga no trabalho e vim passear com minha filha; isso é bom para o crescimento dela. Precisamos comemorar o Dia das Crianças, sim, mas é necessário aproveitar o momento para fazer uma reflexão sobre os problemas sociais que atingem diretamente a infância, para que além de presentes os direitos delas sejam garantidos”, destaca. A educação é um desses direitos que Luciana Najara se esforça para cumprir. Ela é mãe de Maria Eduarda (16 anos) e de Marina (4 anos) e vai presentear as filhas com exemplares da literatura brasileira e livros que contribuem com o desenvolvimento da coordenação psicomotora, respectivamente, porque “livro é uma excelente opção de presente para o Dia das Crianças. Os pais têm o dever de incentivar os filhos a lerem. Gosto de acompanhar minhas filhas e faço questão de ler junto com elas”, relata Luciana.

III Feira de Livros Infantis

A assessora de comunicação do Porto Velho Shopping, Elis Ramos, informa que as lojas foram preparadas para atender à demanda desta data comemorativa e destaca que entre elas há uma loja especializada em brinquedos que espera ter um aumento em torno de 30% nas vendas. A gerente Franciole Batista observou que houve uma leve queda na procura dos produtos infantis, no início desta semana e alega que foi por causa da greve dos bancários, mas acredita que “tudo vai voltar à normalidade neste sábado e domingo”, ressalta. Para os que estiverem interessados em estimular as crianças à leitura, no hall do Porto Velho Shopping está acontecendo a III Feira de Livros Infantis com preços acessíveis que vão de R$ 3,00 a R$ 60,00.

Fonte: Diário da Amazônia

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA