Porto Velho: II Seminário Latino Americano de Geografia começa dia 8

C4-LogoEntre os dias 8 e 12 de outubro próximos, no Teatro Banzeiros, em Porto Velho, acontece o II Seminário Latino Americano de Geografia , Gênero e Sexualidades. Para esta edição, a temática “interseccionalidade, gênero e sexualidade na análise espacial. O evento é realizado pelo Programa de Pós-Graduação Mestrado em Geografia da Universidade Federal de Rondônia (Unir).

De acordo com informações da professora Maria das Graças Nascimento Silva, doutora em Desenvolvimento Sustentável pela Universidade Federal do Pará, o II Seminário Latino Americano de Geografia está ainda mais robusto que o primeiro com excelente programação”. Dentre os atrativos do evento, segundo Maria das Graças, estão conferências, palestras, minicursos, mesa-redonda, debates, apresentações de atividades dos grupos de trabalhos vinculados. “Um destaque para os trabalhos de campo que acontecem no dia 12 de outubro. Acontecerá uma visita à aldeia do povo indígena Paiter Suruí, no município de Cacoal, com deslocamento de ônibus e duração aproximada de 5 horas de viagem”, explica.

Para a conferência de abertura está programada a apresentação de trabalho da professora Maria Dolores Garcia-Ramon, da Universidade Autónoma de Barcelona. Ela traz “Narrativas de viagem, encontro colonial e alteridade: um olhar a partir da Geografia Feminista.

O segundo dia do evento será aberto com mesa-redonda conduzida por Paulo Jorge Vieira, na temática “Espaço, sexualidades e interseccionalidades”. Cesare Di Feliciantonio, da Università di Roma, conduzirá a segunda temática, “Por uma análise intersecional (e materialista) da migração queer: levando em consideração o papel dos regimes de bem-estar social”.

Ainda no segundo dia, Jan Simon Hutta, da Humboldt University, traz a questão “Interseções de Poder e Cidadania Queer na Baixada Fluminense, Rio de Janeiro”.

O Seminário segue com vasta programação para os demais dias e, na opinião da professora Maria das Graças, este é um dos momentos de grande importância para a pesquisa científica, considerando as possibilidades de intercâmbio oferecidas.

Também participam do evento os professores Benhur Pinós da Costa (UFSM), com a temática “Oposições e complementaridades nas práticas homoafetivas de microterritorialização: interações entre ‘bichas’ e ‘bofes’ na Praia do Osso em Santarém (PA), Sônia Beatriz dos Santos (UERJ), com “A Saúde da Mulher Negra: Sob a Perspectiva de um novo modelo de compreensão”, Verónica Ibarra García, da Universidad Nacional de México, com a temática “Del circuito espacial de la violencia feminicida a la red de prevención y erradicación de ésta”, dentre outras.

Fonte: Diário da Amazônia

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA