Potencialidades de Vilhena apresentadas em palestra

vilhena-2O pesquisador da Embrapa, Vicente de Godinho, fez uma palestra na Associação Comercial e Industrial de Vilhena (Aciv) na noite da última quinta-feira, sobre as potencialidades do município e do Estado de Rondônia.

O encontro que reuniu empresários locais e investidores de outros Estados fez parte da programação do projeto Vilhena Por Vilhena, lançado na terça-feira, durante uma coletiva com imprensa e o idealizador da iniciativa, o empresário Wilson Magalhães.

Vicente Godinho, que é engenheiro agrônomo e uma das maiores autoridades quando o assunto é potencialidade regional e local, fez uma abordagem geográfica de Rondônia, suas riquezas naturais, a malha viária, hidroviária e as hidrelétricas que abastecem o setor energético de Norte a Sul do Estado, incluindo suas Pequenas Centrais (PC).

Na avaliação do pesquisador, a maior viabilidade de fortalecer a economia em Rondônia está no transporte hidroviário que tem um custo menor e rendimentos maiores que o transporte terrestre. “Com a ampliação e construção de novos portos a nossa principal estrada, a BR-364, precisará passar com urgência de uma recuperação em toda a sua extensão dentro do Estado, pois o fluxo de carretas vai aumentar, pois antes de chegar aos portos, as cargas têm um longo trajeto pela rodovia até o seu destino. A BR-364 é uma é empresa’ que mais arrecada ICMS”, disse Godinho ao confirmar que hoje Vilhena tem a segunda maior arrecadação do imposto justamente em função da rodovia federal.

No final de sua palestra, o pesquisador enfatizou que Vilhena é uma boa opção para novos e grandes investimentos pela sua posição geográfica, pelo seu clima diferenciado na região e pelo seu potencial socioeconômico. “Todos os empresários que decidiram instalar seus negócios em Vilhena tiveram êxito, pois acreditaram no fortalecimento do município com serviços diferenciados e dando oportunidades de emprego para a população local”, destacou. (AI)

Empresários de vários estados participaram

A palestra contou com a presença dos empresários Francisco José Albuquerque (construção civil), Timóteo Filho (diretor de uma empresa de desidratação de frutas), Elias Magalhães (ramo têxtil), Ray Magalhães (ramo têxtil), Gilson Zimermann (diretor executivo da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina) e Carlos Alberto Marcos (segmento tecelagem) que vieram de Fortaleza, São Paulo, São Bernardo de Campo, Santa Catarina e Florianópolis.

Além do empresário Wilson Magalhães, que fez a abertura do evento, participaram da palestra o prefeito José Luiz Rover, o presidente da Aciv, Josemário Secco, o diretor do Sicoob/Credisul, o vereador José Garcia, representante do Sebrae e secretários municipais.

Fonte: Diário da Amazônia

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA