Produtor colhe mais de uma tonelada de abóboras gigantes, em RO

aboboras_gigantes“Quem vê a abóbora no pé, ainda pequena, não imagina o tamanho que ela pode chegar”, diz o produtor Osvaldo Martins de Carvalho, que colheu, neste mês de dezembro, mais de uma tonelada de abóboras da variedade ‘canhão seca gigante’. O legume, colhido na propriedade rural de Ariquemes (RO), a cerca de 200 quilômetros de Porto Velho, chegou a pesar mais 20 quilos cada.

Esta foi a primeira colheita em grande escala da variedade no município, e a pretensão de seu Osvaldo é continuar investindo na produção.Osvaldo plantou 80 pés da canhão seca gigante que, assim como o restante das produções da propriedade, foram cultivados com adubo orgânico e sem agrotóxicos. Ele explica que a abóbora deve ser plantada, preferencialmente, na época da seca, e que a variedade é tolerante a insetos. Além da canhão gigante, o produtor planta as abóboras mini e moranga.

“Apesar de já terem me falado, fiquei surpreso com o tamanho da abóbora. Sou apaixonado por agricultura e estou muito satisfeito com a produção. Para quem tem coragem de trabalhar, vale a pena morar na zona rural”, enfatiza.

A colheita será adquirida pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), parceria do governo federal e prefeitura, e destinado a escolas e entidades beneficentes do município. Osvaldo está sendo considerado pela prefeitura um dos maiores produtores da variedade, mas assim como ele, outros produtores também estão apostando na abóbora canhão seca gigante.

“A variedade é conhecida na região, mas pouco cultivada por agricultores, até pelo tamanho, porque precisa ser comercializada em locais de grande consumo, como restaurantes e cozinhas populares. Mas os produtores estão se adaptando e investindo”, explica o técnico agrícola Antonio Marcos de Moura.

Fonte:  G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA