Punição para ultrapassagens será mais cara e reterá carteira até 1 ano a partir de novembro

ultrapassagemOs motoristas que cometerem ultrapassagens perigosas receberão multa mais alta e podem ficar até um ano sem dirigir. A medida estará valendo a partir do dia 1º de novembro, segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

A nova lei, sancionada pela presidente Dilma Rousseff em maio deste ano, tem o objetivo de diminuir a violência no trânsito.

Com isso, os motoristas que fizerem ultrapassagem em um lugar proibido terão que desembolsar agora R$957,70, quando antes a multa custava R$191,54. Já ultrapassar pelo acostamento valerá R$957,70 (antes, R$127,69). Quem forçar uma ultrapassagem perigosa pagará R$1.915,40, uma alta de 900% em relação ao antigo valor: R$191,54.

Além de ultrapassagens, os motoristas que fizerem “racha” (disputar corrida) terão aumento de 233% na multa, de R$574,62 para R$1.915,40.

Fonte: Correio 24Hs

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA