Quase 10 mil pessoas não fizeram o cadastramento biométrico em Vilhena, RO

titulosQuase 10 mil eleitores não fizeram o cadastramento biométrico e podem ter os títulos cancelados em Vilhena (RO), a 700 quilômetros de Porto Velho. A atualização cadastral começou em julho e terminou no dia 31 de outubro.

De acordo com o cartório eleitoral de Vilhena, 9. 476 eleitores perderam o prazo da revisão biométrica. Já 48.320 fizeram a atualização, o que corresponde a 83,6% do eleitorado da cidade.

As pessoas que não fizeram o cadastro poderão ter os títulos cancelados e, segundo o cartório eleitoral, só poderão regularizar a situação no início de 2018.

Enquanto isso, os eleitores que não compareceram ao cadastramento ficarão impedidos de assumir cargos públicos, fazer matricula em universidades e tirar passaportes. Além disso, poderão ter dificuldades em conseguir financiamentos bancários e terem benefícios do governo suspensos.

No período de julho a outubro, além do cadastramento biométrico, 2. 446 novos títulos foram emitidos. Também teve eleitores que transferiram os locais de votação para Vilhena; no total, foram 7.672.

Para a próxima eleição, o eleitorado de Vilhena que era de 57.796, agora passou para 58.438. O número pode chegar a mais de 67 mil, caso as 9.476 pessoas regularizem a situação eleitoral.

Fonte: G1

Deixe o seu comentário