RONDÔNIA: Apenas 288 apenados se inscreveram para o Enem

enemEm Rondônia 288 apenados se inscreveram para participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), um número inferior comparado com 2016, quando se inscreveram 568 apenados.

Este ano, a novidade é que jovens sob medida socioeducativa também puderam se inscrever no exame, no estado, 12 jovens mostraram interesse em participar do Enem.

Quem faz a triagem para a participação são os coordenadores pedagógicos que estão dentro das unidades prisionais. De acordo com a Secretaria Estadual de Justiça (Sejus) é analisado quem já concluiu o ensino médio e quem não concluiu.

Até o ano passado, podiam fazer todos quem não tinha concluído o ensino médio. Já em 2017, somente quem terminou o ensino médio pode participar do exame, pois o Enem deixou de ser um medidor do ensino público para torna-se forma de inclusão ao ensino superior.

Os materiais didáticos utilizados são repassados pela Sejus e também os fornecidos pelos professores fornecem através da livre ajuda.

Provas

As provas serão aplicadas nos dias 12 e 13 de dezembro. Os participantes com mais de 18 anos poderão utilizar o desempenho no exame como mecanismo de acesso à educação superior. Já os participantes menores de 18 anos só poderão utilizar os resultados para autoavaliação de conhecimentos.

 Assim como o Enem Nacional, a prova para presos e jovens sob medida socioeducativa é elaborada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

FonteRONDONIAOVIVO

Deixe o seu comentário