Rondônia e Mato Grosso lideram índices de vacinação contra aftosa

VacinaDados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), divulgados nesta quarta-feira (19), apontam que Rondônia e Mato Grosso tiveram os maiores índices de vacinação contra febre aftosa na campanha nacional de vacinação da doença. Com a imunização de 99,96% e 99,82% das cabeças de gado, respectivamente, os estados impulsionaram a meta nacional, que fechou em 98,04%.

De acordo com o ministério, 164,7 milhões de bovinos e bubalinos foram imunizados contra febre aftosa em todo o país. O total previsto era de de 168 milhões de cabeças. Com base em dados dos serviços veterinários estaduais, os índices de imunização neste ano mantiveram-se estáveis em relação à campanha do ano passado, quando foram vacinadas 164 milhões de cabeças, com índice de vacinação de 97,63%.

Os estados com melhores índices de vacinação foram Rondônia (99,96%), Mato Grosso (99,82%) e Goiás (99,72%). No Acre, no Espírito Santo, em Mato Grosso do Sul, no Paraná, em Rondônia e em São Paulo foram vacinados só animais até 24 meses. A vacinação não ocorreu no Amapá, que tem vacinação apenas uma vez ao ano, e em Santa Catarina, zona livre de aftosa.

De acordo com a Coordenação de Febre Aftosa do ministério, a cobertura vacinal no país é satisfatória, decorrente do esforço governamental e da iniciativa privada, que executa a vacinação.

A campanha deste ano começou em março, no Pará, e terminou em junho, no Pantanal de Mato Grosso do Sul.

Fonte: Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

Deixe o seu comentário