Secretaria de Trânsito instala sinalização horizontal para diminuir acidentes

transito-pvhoA Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (Semtran) está instalando materiais de sinalização auxiliar nas principais vias da cidade, conhecidos como tachinhas. Trata-se de pequenos blocos bidirecionais fluorescentes, que oferecem melhor visibilidade diurna e noturna às divisões de faixas de rolamento.

Carlos Guttemberg, secretário da Semtran, explicou que a incidência de abalroamentos (colisões) na cidade aumentou nos últimos meses e a implantação das tachinhas visa a diminuição do índice. “Trata-se daqueles tipos de batidas laterais entre os veículos, por isso estamos implantando essa sinalização auxiliar, que deve facilitar a que os condutores se mantenham mais em suas faixas”, disse, informando também que as instalações já foram concluídas nas avenidas Jorge Teixeira e em parte da Calama. “Em breve, as avenidas Abunã, Pinheiro Machado e Carlos Gomes receberão igualmente as implantações. No primeiro momento, está sendo priorizada a implantação nas principais vias entre Avenida Jorge Teixeira e Farquar, que são áreas de grande fluxo. Após completado o serviço na Avenida Farquar, serão atendidas as ruas da parte acima da Jorge Teixeira. Por fim, serão também implantadas nas vias principais das zonas Leste e Sul, como as ruas Amador dos Reis e Jatuarana”, esclareceu.

De acordo com o secretário, o trânsito de Porto Velho apresenta problemas recorrentes, apesar de a Semtran haver intensificado ações educativas e informativas entre os anos de 2013 e 2014. Mais que seiscentas blitz educativas foram realizadas, chamando atenção para problemas como falta de cinto de segurança, uso indevido de celular, braço para fora do veículo, estacionamento em calçadas, parada em fila dupla, passagens irregulares entre faixas e diversos outros. As taxinhas, frisou o secretário, é mais uma forma pela qual a Semtran procura melhorar o fluxo e a segurança nas vias públicas. Elas servem para que os motoristas não “queimem faixas”, isto é, não fiquem com uma roda numa faixa e a outra roda em outra. “Contudo, nós não podemos ficar apenas realizando ações preventivas, apontando os problemas e trabalhando para a melhoraria da sinalização nas vias públicas, também é nosso papel notificar e multar quem transgride as regras. As pessoas habilitadas devem estar preparadas para utilizar a via pública de acordo com as normas, finalizou Guttemberg.

Fonte: Alerta Rondônia

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA