Situação fundiária e ambiental de Rio Pardo mais uma vez discutida na Assembleia

rio pardoCriação de um grupo de trabalho para buscar uma solução para o impasse é definida

Em mais uma reunião em busca de uma saída para o impasse fundiário e ambiental no distrito de Rio Pardo, em Porto Velho, os deputados discutiram medidas que possam contribuir para uma solução ao problema de milhares de famílias que residem na área litigiosa.

O presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PMDB), comandou a reunião, que contou com as presenças do secretário estadual de Desenvolvimento Ambiental, Vilson de Sales, do ex-secretário da Sedam, Brito Muniz, e moradores de Rio Pardo.

“Não é fácil encontrar uma solução para este problema, que envolve a questão ambiental e fundiária, mas principalmente o social, já que as famílias vivem do trabalho na agropecuária e não podem ser retiradas do local”, relatou Maurão.

Os deputados Adelino Follador (DEM), Jean Oliveira (PMDB), Lazinho da Fetagro (PT), Hermínio Coelho (PDT), Laerte Gomes (PSDB), Ribamar Araújo (PR), Edson Martins (PMDB), Aélcio da TV (PP), Alex Redano (PRB), Dr. Neidson (PMN) e Saulo Moreira (PDT) participaram da reunião.

No encontro, ficou definida a criação de um grupo de trabalho, composto por técnicos da Sedam e outros órgãos, com a participação dos deputados Edson, Jean, Lazinho e Follador, para buscar soluções viáveis, que serão apresentadas ao governador Confúcio Moura (PMDB).

Fonte: Assessoria

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA