Trânsito violento de Ji-Paraná faz mais duas vítimas fatais

transitoEm apenas três dias, a Polícia registra quatro mortes no trânsito, em Ji-Paraná. No começo da noite desta quarta-feira (12), durante a forte chuva, o jovem Ailton Carlos dos Santos, de 30 anos, voltava do trabalho em sua motocicleta Yamaha Factor, quando, ao passar em frente a Pemaza Auto Peças, próximo ao viaduto, atropelou um idoso que estava atravessando a pista. Com o impacto, o motociclista foi lançado para outra pista e quando estava se levantando, meio atordoado, acabou sendo atropelado por uma caminhonete, ainda desconhecida. O motorista nem sequer parou o veículo e fugiu do local.

O motorista de um outro veículo que seguia logo atrás, conseguiu parar a tempo e evitou passar por cima do corpo. Depois do trabalho da Perícia Técnica, o corpo foi liberado para a Funerária Bom Jesus.

O idoso, identificado como Celestino Cardoso dos Santos, de 68 anos, ainda chegou a ser socorrido com vida ao HM, mas não aguentou aos graves ferimentos e morreu na sala do Pronto Socorro.

Muitos motoristas, pedestres e ciclistas reclamaram sobre a falta de iluminação em todo aquele trecho. “Isso é uma vergonha, gastaram um absurdo de dinheiro neste viaduto e nesta duplicação e nem sequer colocaram uma lamparina nas margens. Aqui é muito escuro e quando chove não dá para ver nada”, desabafou um ciclista.

No local a iluminação pública é precária e apenas algumas lâmpadas de comercios ajudam a clarear o trecho.

Fonte: Comando 190

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA