Três países acenam cooperação internacional com o Estado de Rondônia

RONDÔNIA – Com desafios de desenvolvimento tecnológico no Estado de Rondônia, geração de empregos e melhoria da logística comercial e urbana, o governador Marcos Rocha reuniu-se com os embaixadores da Coreia do Sul, Índia e Alemanha, na segunda-feira (9). Em todas as reuniões houve trocas de experiências dos temas, nos quais estes países avançaram há décadas.

Em reuniões, houve trocas de experiências sobre temas nos quais os países avançaram há décadas

“Vimos que, com projetos estruturados principalmente em tecnologia e logística, teremos o desenvolvimento digno que a população espera”, pontuou o governador.

COREIA DO SUL

Na primeira agenda do dia, o embaixador sul-coreano Chan-woo Kim recebeu o coronel Marcos Rocha, juntamente com equipe técnica para definir os pontos de convergência de interesses. Kim explicou os investimentos em educação e tecnologia de ponta que foram implementados há algumas décadas e tornaram seu país uma referência mundial.

Chan-woo perguntou sobre a produção alimentícia no Estado e as possibilidades logísticas para aquisição em Rondônia. “Há uma saída para o Pacífico que pretendemos conjuntamente com os países próximos melhorar nos próximos anos, além da saída pelo Porto Organizado de Porto Velho para o Atlântico”, afirmou Rocha. Para o governador, investimentos em ferrovias por empresas do país asiático seriam fundamentais para alavancar o desenvolvimento estadual.

Dentre os principais produtos que a Coreia importa do Brasil, estão milho, farelo de soja, carne de frango e minérios, todos podem ser suficientemente adquiridos do Estado de Rondônia. As negociações com a Coreia do Sul no Mercosul acontecem desde 2018, com cinco rodadas negociadoras desde então.

ÍNDIA

Marcos Rocha expôs o interesse em ver empresas indianas fomentando as ferrovias no Estado

Ao iniciar o encontro, o embaixador Shri Suresh Reddy afirmou que ficou entusiasmado com a formação do governador em Tecnologia e na área da Educação. “Vejo que o Estado está em boas mãos sendo conduzido pelo senhor”, elogiou. Shri exaltou o programa de treinamento de seu país, denominado Itec – Indian Techinal and Economic Cooperation Programme (Programa Indiano de Cooperação Técnico e Econômico Indiano). “O Training Programme é muito utilizado por regiões do meu país que possuem dimensões continentais. Nele se aprende desde como montar um site, até tecnologias de Nano Satélites”, observou.

O governador Marcos Rocha expôs o interesse em ver empresas indianas fomentando as ferrovias no Estado. Ele demonstrou que há modais pelo Brasil, sobretudo que vêm de Mato Grosso e podem servir para interligar vários pontos da região Norte do país. Segundo Marcos, a localidade tende a crescer como um todo e explorar o comércio em toda a região Norte, podendo ser objetivo de várias empresas da Índia.

Em tom amistoso, o embaixador mostrou com vídeos as potencialidades de seu país e afirmou que os diálogos serão aprofundados para fortalecer o desenvolvimento das partes. Ele se prontificou a dar oportunidade a profissionais de seu país, alinharem conhecimentos tanto com encontros online, quanto presenciais. Além disso, informou que durante os encontros com empresas investidoras vai demonstrar o interesse rondoniense em eventuais parcerias.

ALEMANHA

Rondônia Rural Show pode ser a oportunidade de empresários conhecerem o potencial de comércio com Rondônia

A primeira reunião na embaixada foi em tom de apresentação. O governador Marcos Rocha explicou ao encarregado de Negócios da Alemanha, Marc Bogdahn que há um número importante de descendentes alemães no Estado, o que pode facilitar um intercâmbio cultural e comercial. Na visita, o coronel falou sobre a Rondônia Rural Show, que por conta da pandemia foi suspensa em 2020. Porém segundo ele, o ano de 2021 tem tudo para que a feira aconteça e pode ser uma oportunidade de empresários conhecerem o potencial de comércio com Rondônia.

A Rondônia Rural Show é uma feira de tecnologia e oportunidades voltados ao agronegócio do Estado, realizada anualmente pelo Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estadual da Agricultura (Seagri). No ano de 2019, a feira movimentou mais de R$ 700 milhões.Também acompanharam o governador, a chefe de Gabinete do Governador, Semayra Gomes e o superintendente de Integração do Estado de Rondônia em Brasília, Augusto Leonel.

 

 

 

 

 

Fonte
Texto: Alex Nunes
Fotos: Alex Nunes e Frak Néry
Secom – Governo de Rondônia

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA