domingo, outubro 24, 2021

Acusado de matar ex com mais de 90 golpes de canivete na frente da filha é condenado por feminicídio

Foto: Divulgação

Wilson José Conti Barbosa foi condenado a mais de 30 anos de prisão em regime inicialmente fechado pelo feminicídio da ex-mulher, Luciene Teixeira Guilherme, que na época do crime tinha 20 anos. O réu foi acusado de atacar a vítima com mais de 90 golpes de canivete na frente da filha de 3 anos e outras crianças que estavam na casa.

O motivo do crime seria ciúmes, porque o réu não aceitava o fim do relacionamento e não queria que Luciene se envolvesse com outras pessoas.

Na época dos fatos, testemunhas contaram à polícia que Wilson chegou na casa da jovem e começou a atacá-la. Uma pessoa da família estava na residência teve que fugir com a filha do casal para não ser atacada.

O réu chegou a fugir depois do crime, mas foi encontrado e preso no dia seguinte, na zona rural de Pimenteiras do Oeste (RO). A Justiça não autorizou que Wilson recorra da decisão em liberdade.

De acordo com a denúncia apresentada pelo Ministério Público de Rondônia (MP-RO), os ferimentos estavam espalhados pelas costas, face, seios e barriga da mulher. A promotora Analice da Silva pediu a condenação do réu por feminicídio ressaltando a gravidade do caso.

“Nosso país vive uma verdadeira carnificina, homens que se julgam superiores às suas companheiras e praticam entre quatro paredes, no abrigo do lar, as maiores atrocidades contra elas”, destacou.

 

 

G1/RO

Veja mais+

- Advertisement -

Veja Mais Notícias