Após rebelião, Casa do Menor de Jaru é interditada e internos transferidos

rebeliaojaruA Casa Socioeducativa de Jaru (RO), a cerca de 290 quilômetros de Porto Velho, foi interditada pelo Juizado do município, após rebelião dos internos no último sábado (27). Com a interdição, todos os 13 internos da Casa foram transferidos para outras unidades do estado. Segundo a direção do local, durante o motim, um adolescente fugiu e até o momento não foi localizado.

O diretor da unidade, Hélioney da Costa Oliveira, conta que o juizado de Jaru interditou a Casa Socioeducativa devido à destruição causada na rebelião. Segundo ele, dormitórios, cozinha e banheiros foram danificados e o lugar não tem condições de abrigar os adolescentes. Os 13 internos, sendo 11 meninos e duas meninas, foram transferidos para outras unidades do estado.

Ainda de acordo com o diretor, durante a rebelião, um dos internos conseguiu fugir e até o momento não foi recapturado. Oliveira ressaltou também que já entrou em contato com a Secretaria de Estado de Justiça (Sejus), responsável pela Casa Socioeducativa, e, segundo ele, a secretaria deve adotar as medidas cabíveis para a reforma da unidade.

Quanto aos adolescentes identificados como sendo os líderes da rebelião, o diretor informou que somente o Juizado deve avaliar a comportamento deles e sancionar as medidas a serem tomadas pelo ocorrido.

A rebelião

Adolescentes internados na Casa Socioeducativa de Jaru (RO), iniciaram a rebelião por volta das 22h de sábado (27). Segundo a Polícia Militar (PM), os internos colocaram fogo em colchões, depredaram a cozinha, banheiros e alojamentos. Eles reivindicavam melhores condições da unidade.

A rebelião durou cerca de três horas e terminou após invasão das forças policiais. Quatro menores de idade e um policial militar ficaram feridos e precisaram de atendimento médico.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA