Autorização de corte de árvores só é dada para quem faz replantio, em RO

arvoresAgora quem quiser cortar uma árvore em Ji-Paraná(RO), cidade localizada a 374 quilômetros da capital Porto Velho, além da autorização da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semeia) para o corte, também precisa respeitar uma norma: o plantio de uma nova árvore. A distribuição de uma nova muda é gratuita e feita pela própria Semeia. A liberação da semeia só é necessária para as árvores que ficam fora do quintal do proprietário e, apenas ele, munido de toda a documentação do imóvel, pode fazer o pedido.

De acordo com a  secretária de meio ambiente, Kátia Cazula, existem  várias situações que levam ao pedido de corte de uma árvore. “Existem muitos casos em que realmente as árvores precisam ser cortadas. Normalmente autorizamos que sejam cortadas as que oferecem algum tipo de risco. Outras vezes só a poda já resolve o problema, então, não autorizamos”, explica.

Ao ser feito o pedido de corte junto à Semeia, a liberação só é dada depois que os fiscais do órgão vão até a propriedade e analisam a necessidade do corte. Na mesma visita, os fiscais já analisam outro local para o plantio de uma nova árvore, assim como qual espécie seria a mais adequada. Junto com a autorização, o proprietário já leva também um vale para buscar, gratuitamente, uma nova muda no viveiro municipal. Em média, cerca de 18 mil mudas estão disponíveis no viveiro.

Mesmo que a não obediência à  norma gere multa, hoje, a secretaria conta que é muito complicado conseguir fazer a vistoria de quem cumpre ou não o pedido. “Por causa da demanda, nem sempre conseguimos acompanhar todos os casos”, explica.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA