Casal de Ji-Paraná manteve idoso em cárcere privado por um ano

delegaciaUm homem de 75 anos foi mantido em cárcere privado, em Ji-Paraná(RO), por mais de um ano, segundo a polícia. O crime foi constatado em uma residência no bairro Parque dos Ipês, na tarde desta quarta-feira (24), após denúncia anônima feita pelo Disque Direitos Humanos, o Disque 100.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Luiz Carlos Hora, no momento em que a Polícia Civil chegou na casa em que estava o idoso, a suspeita não permitiu a entrada dos agentes, mas cedeu em seguida. Já no interior da casa, um dos quartos estava trancado e a chave da porta em posse da suspeita.

Ao abrir a porta, os agentes encontraram o idoso com sinais de desidratação, desnutrição, num quarto com péssimas condições de higiene e deitado em uma cama sem colchão. A suspeita de manter o idoso em cárcere privado tem 45 anos, e é casada com o enteado da vítima, que também é suspeito do crime, mas não estava na residência no momento do flagrante.

Segundo o boletim de ocorrência, a situação de cárcere acontece já há cerca de um ano, tempo em que o idoso não pôde manter contato com outras pessoas além do casal de suspeitos. O idoso já expressou desejo de se mudar da casa, mas não o fez, pois o dinheiro de sua aposentadoria era utilizado para pagar as contas da casa. Para o titular da aposentadoria eram destinados apenas R$ 50 do pagamento. Foi dada voz de prisão à suspeita e o idoso foi encaminhado para o Lar do Idoso Aurélio Bernardi.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA