Cesta básica aumentou 10,18% nos últimos seis meses em Cacoal, RO

alhoOs valores investidos na compra de produtos que compõem a cesta básica estão pesando no orçamento dos consumidos de Cacoal (RO), município a cerca de 480 quilômetros de Porto Velho. Entre dezembro de 2014 e junho de 2015 houve um acréscimo de preços de 10,18%. Os itens que mais apresentaram aumento no período, segundo o professor universitário Elias Nunes, foram cebola, feijão carioquinha e o alho.

A pesquisa foi realizada pelos alunos do curso de Ciências Econômicas de uma faculdade particular de Cacoal e para chegarem ao resultado, itens de cinco supermercados do município foram analisados.

Para a dona de casa Andréia Freitas, de 39 anos, todos os meses é perceptível um aumento nos preços, mas é assustador saber a porcentagem do crescimento. “Todos os meses eu percebo que os produtos tiveram um aumento, mais eu nunca parei para analisar o tanto desse aumento. Estou assustada, pois não tem como deixar de comer, e o valor do salário não acompanha o aumento no preço”, diz Andréia.

Os alunos pesquisaram 22 itens da categoria alimentação, quatro itens de limpeza e cinco itens de higiene, totalizando 31 componentes. De acordo com os dados da pesquisa, dos 31 produtos da cesta básica de Cacoal, a maioria apresentou aumento no último semestre.

“O alho é o item de maior peso na cesta básica, o quilo que custava R$ 10,22 em dezembro de 2014, chegou a R$ 14,99 em junho de 2015”, conta Elias.

O valor total da cesta em dezembro de 2014, considerando o menor valor encontrado para cada um dos 31 itens, era de R$ 353,88. Em junho de 2015 esse valor passou para R$ 389,91, o que equivale um aumento de 10,18%.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA