Covid-19: Prefeito de Cabixi agradece moradores por esforço após queda significativa de casos e novas doses da vacina são anunciadas

(Foto: Arquivo Folha de Vilhena)

O Prefeito de Cabixi, Izael Moreira (PP), agradeceu à população do município pelo trabalho realizado em prol da diminuição de casos de Covid-19. O vídeo foi veiculado na manhã desta quarta-feira (10 de fevereiro), na Página Oficial da Prefeitura, na rede social Facebook.

A cidade estava apresentando 115 casos de contaminados pelo vírus, sendo enquadrada na Fase 3, de acordo com o Decreto nº 25.784, de 1º de fevereiro de 2021. Com o trabalho realizado pelos moradores, atualmente o município conta apenas com 4 casos ativos.

Izael agradeceu aos comerciantes, empresários e cabixienses em geral por manterem o distanciamento social nesses dias que se passaram. “É claro que a guerra não acabou. É importante que a gente continue cuidando, que continuemos colaborando e mantendo o distanciamento social. Quero pedir mais uma vez, cidadão e cidadã cabixiense: ao sair de casa, use máscara; ao entrar nos comércios, use máscara e álcool em gel e evite aglomerações”, falou o Prefeito.

NOVAS DOSES DE VACINA

O município também anunciou o recebimento de novas doses da vacina contra a Covid-19. Como serão recebidas poucas doses, haverá uma classificação entre os grupos que vão serem imunizados. Até o momento, a previsão é de que as doses sejam distribuídas entre os trabalhadores da Saúde e idosos acima de 80 anos (por classificação de idade e com comorbidades).

Foram 86 doses, divididas entre:

  • 48 doses, para idosos de 80 a 89 anos
  • 16 doses para idosos acima de 90 anos
  • 22 doses para os trabalhadores da Saúde

A Secretária Municipal de Saúde ainda informou que não há a necessidade em ir atrás, para receber a imunização. Os agentes de Saúde entrarão em contato, para que os idosos sejam vacinados de forma segura.

“E se você ainda não recebeu a visita de um Agente de Saúde Social, lhe informando sobre a vacina, é porque nesse momento você ainda não vai receber a imunização. Então é aguardar, porque nas próximas remessas a gente comunica a população”, informou a Enfermeira Renata.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA