RONDÔNIA – O Conselho Regional de Medicina de Rondônia (Cremero), em parceria com Associação Médica Brasileira de Rondônia (AMB-RO), realizou na última sexta-feira uma Assembleia Geral para discutir o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) proposto pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesau).

O PCCR é um anseio da classe médica que já perdura por mais de 10 anos. Durante o encontro, foi definido a criação de uma comissão, que apresentará uma contraproposta, com as devidas adequações feitas pelo Cremero ao PCCR. A primeira reunião da comissão acontece nesta quarta-feira, 18, às 18h30, na sede do Cremero

A comissão foi formada durante Assembleia Geral na última sexta-feira (13), conta com as presenças de membros do Cremero, AMB-RO e Simero e ficou assim definida:

Cremero – Dr. Robinson Machado, Dra. Ellen Santiago, Dr. Lucas Levi

AMB-RO – Dr. Aparício Carvalho, Dr. Raitany e Dr. Rodrigo Pascoal

Simero – Dr. Flávia Lenzi, Dr. Novaes e Dr. Carlos Maiorquim

O médico servidor público, Dr. Luiz Maiorquim, aceitou o convite do presidente do Cremero e também fará parte da comissão.

Durante o encontro, o presidente do Cremero, Dr. Robinson Machado, fez questão de destacar a união da classe médica e a importância da presença dos representantes das três instituições médicas na Assembleia Geral.

“É uma honra contar com a presença de todos. Entendo que neste momento não devemos ter separações entre a classe médica, porque o que está em jogo é o nosso trabalho, nossa carreira, um momento em que as instituições médicas devem se unir”.

A vice-presidente do Cremero, Dra. Ellen Santiago, fez uma explanação das alterações feitas na proposta apresentada pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesau). De acordo com ela, a função do Conselho foi de avaliar a parte ética do plano, item por item.

“Todas as alterações foram aprovadas em plenária pelos conselheiros do Cremero e pela Associação Médica Brasileira de Rondônia (AMB-RO). Nossa maior preocupação é de repente haver uma revogação de alguns itens importantes. A jornada de trabalho, por exemplo, não deve ser incluída na proposta, nem a movimentação do médico, que já se encontra descrito em lei, assim como critérios de cedências, licenças e outros”, esclareceu Ellen Santiago.

Dr. Aparício Carvalho, presidente da AMB-RO, destacou a importância da realização da Assembleia Geral e a somatória de esforços para conseguir o melhor para o profissional médico.

“Temos que tomar muito cuidado. Nesse momento, acho importante a opinião de todos para não cairmos em armadilhas”.

Presente à reunião, o conselheiro federal Dr. Hiran Gallo destacou a postura do Cremero e parabenizou todos os participantes pela criação da comissão, com representantes das três entidades, Cremero, AMB-RO e Simero.

“Essas colocações que foram apresentadas, cirurgicamente, pela conselheira Ellen Santiago, são preocupantes. Esse plano que está aí é perigoso. Nós não podemos deixar que gestores venham usar um plano desse para prejudicar os médicos rondonienses”, completou o conselheiro federal

Representando o Sindicato dos Médicos (Simero), Dr. Novaes parabenizou o Cremero pela iniciativa e também destacou a importância da união de toda classe médica.

“Nosso objetivo aqui é pela valorização dos médicos. Esse PCCR apresentado pelo Governo, nada mais é do que uma verdadeira “colcha de retalhos” abusiva, que retira várias vantagens e direitos dos colegas médicos. Parabéns Dra. Ellen pelos esclarecimentos”, disse