Cresce em 50% o número de casos confirmados nos últimos 07 dias, após zerar casos ativos em Espigão do Oeste

O número de casos ativos para o Novo Coronavírus em Espigão do Oeste zerou na última terça-feira(23). Fruto de um trabalho realizado pelas equipes que atuam diretamente na linha de frente ao enfrentamento do Covid-19. Mas, apesar de todo esforço e emprenho, a partir de então os números passaram a crescer de forma muito rápida. No total surgiram mais 20 casos confirmados para a doença no município, o que equivale a 50% do total registrado naquela data.

Considerando que o primeiro caso no município surgiu no dia 28 de abril, até a data de 23 de junho se passaram 55 dias. Período em que foram confirmados 40 pessoas com Covid-19 em Espigão do Oeste. Fazendo com que 20 casos em uma semana seja um número elevado se comparado ao extenso prazo dos números anteriores.

Através de investigação epidemiológica, realizada pela Secretaria Municipal de Saúde do município, desses 20 novos casos registrados, apenas 08 pessoas estão diretamente ligados entre si, ou seja, que tiveram contato com casos que também confirmaram positivo para Coronavírus.

As investigações realizadas apontam ainda que a maioria dos casos confirmados estão ligados para algum descumprimento das medidas de prevenção estabelecidas pelo Ministério da Saúde, previstos em decretos do estado e do município.

Destes descumprimentos foram apontados contatos com pessoas que testaram positivo para a doença de Pimenta Bueno, visitas a familiares na zona rural, pessoas que receberam visitas e saíram para outros municípios em encontros amorosos, compartilhamento de utensílios em rodas de tereré e chimarrão, churrascos clandestinos e participações em pescarias.

Ponto positivo para Espigão do Oeste

Se comparado com as cidades vizinhas, Espigão do Oeste sai na frente de Pimenta Bueno e Cacoal quando se trata o percentual da taxa de cura. Enquanto Pimenta Bueno tem 66,27% e Cacoal tem 72,72%, Espigão chega a 73,335 de curados.

Fonte: Assessoria/Decom

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA