Criança de 1 ano morre afogada dentro de caixa térmica em acidente doméstico em Pimenteiras do Oeste

Uma criança de 1 ano e três meses morreu no domingo (14) após se afogar em uma caixa térmica dentro de casa em Pimenteiras do Oeste (RO), na fronteira com a Bolívia.

De acordo com o registro de ocorrência, o pai relatou aos policiais militares que saiu para tratar dos porcos no início da manhã e deixou a criança com a esposa. Ele disse que quando retornou, já encontrou a mulher com a criança desacordada no colo.

Segundo a Polícia Militar (PM), a mãe contou que foi lavar a louça quando o marido saiu e, passado um instante, sentiu a falta do filho.

Ao procurar a criança, ela encontrou o bebê com as pernas para cima dentro de uma caixa térmica. Conforme a PM, a caixa tinha 35 centímetros de profundidade.

O casal pediu ajuda a um vizinho para levar a criança ao hospital e no trajeto o pai fez massagem na tentativa de reanimar o filho. Mesmo com o atendimento médico, o menino acabou não resistindo.

No despacho da ocorrência, o delegado anotou que o caso “aparentemente, trata-se de uma lamentável e triste fatalidade” e determinou a realização de exame tanatoscópico no corpo da criança.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA