Cursos técnicos favorecem ingresso no mercado de trabalho

Cursos técnicos favorecem ingresso no mercado de trabalho

cursoCom a exigência do mercado por profissionais capacitados, as carreiras técnicas oferecem boas oportunidades de crescimento. Seguindo a tendência, essa será a escolha do jovem Rafael Estheferson de 20 anos, que após encerrar o Ensino Médio pretende ingressar em um curso técnico.

“É o jeito mais rápido e acessível de ter uma profissão, eu não tenho muitos recursos e vejo que seja uma oportunidade para meu crescimento profissional”, relatou. No município de Cacoal a oferta de cursos técnicos têm crescido e o fortalecimento das escolas de formação deve-se também ao incentivo por meio dos programas governamentais.

De acordo com pesquisas específicas sobre os cursos técnicos, a modalidade a distância está cada vez mais valorizada e lidera a preferência dos estudantes do Ensino Médio. Os dados do censo da educação básica do Ministério da Educação (MEC), revelam que as matrículas para cursos a distância aumentaram mais de 55% de 2008 para cá, quando ultrapassaram 927 mil em todo País.

Mesmo com a capacitação de mão de obra, na opinião de profissionais que entram na área, a expansão do ramo é celebrada e as particularidades são evidenciadas.

“Eu também concordo que o mercado de trabalho para técnicos ainda seja crescente, e sou prova disso. Agora é a vez das indústrias e empresas se prepararem para absorver o profissional. As de grande porte são as que dão mais oportunidades, já as menores ainda estão se adaptando”, testemunhou Kátia Kelly de Araújo, que é técnica em segurança do trabalho, recém-formada. “Além do conhecimento, a experiência é bastante valorizada pelas empresas e isso ajuda a incrementar o salário”, explicou.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), de forma gratuita capacita na modalidade presencial há anos profissionais em diversas áreas como de beleza, saúde e administrativa. “É uma forma eficaz e acessível a todos, são profissões em ascensão. Neste ano a comunidade contará com o curso de técnico em segurança do trabalho pelo método de Ensino a Distância”, informou a gerente da unidade Elizete Alcântara, comunicando sobre a abertura das vagas. Segundo a gerência local do Senac, cerca de 20 mil profissionais já se formaram por meio dos cursos técnicos.

“São pessoas das cidades de Rolim de Moura, Santa Luzia D’Oeste, Nova Brasilândia, Alta Floresta, São Miguel do Guaporé, Seringueiras, Costa Marques, São Francisco do Guaporé, São Domingos, Novo Horizonte, Estrela de Rondônia, Ministro Andreazza, Migrantinópolis, Nova Estrela e Alto Alegre dos Parecis”, explicou Elizete.

Em meados do ano passado, tendo em vista a necessidade de capacitar mão de obra que atenda às demandas do setor de serviços e comércio da região, entidades como a Federação do Comércio do Estado de Rondônia – Fecomércio, representantes do Senac, prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Indústria Comércio e Turismo , Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e ainda Associação Comercial Industrial de Cacoal (Acic) discutiram sobre o assunto. Na ocasião, o presidente da Fecomércio Raniery Araújo Coelho sinalizou a abertura de vagas para treinamento e capacitação de mão de obra que correspondem à necessidade regional.

Fonte: Diário da Amazônia
COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA