segunda-feira, dezembro 6, 2021

Deputado Cirone Deiró (Podemos) tratou do PCCR da Saúde e a suspensão dos voos da Azul em Cacoal

Parlamentar pediu apoio da bancada federal para a retomada dos voos comerciais

O deputado estadual Cirone Deiró(Podemos) discursou durante sessão extraordinária da Assembleia Legislativa de Rondônia, na noite desta segunda-feira (22). Durante a fala dele, o parlamentar fez questão de esclarecer que em momento algum esteve contra os servidores públicos estaduais da Saúde, em relação ao Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) da categoria.

Ele explicou que havia pedido na tribuna da Casa de Leis, que os servidores cobrassem dos sindicatos para que entrassem em um acordo com o Governo do Estado. O deputado afirmou que foi mal interpretado.

“Eu solicitei que houvesse um entendimento com o governo para que os trabalhadores não fossem prejudicados e tivessem mais um ano de perdas salariais não reconhecidas. Sabemos que ao longo dos anos foram colocando penduricalhos nos salários dos servidores de Rondônia. Quando solicitam as aposentadorias, esses penduricalhos caem e se aposentam com um salário que não dá para se sustentarem. Nossa preocupação, como parlamentar, é reconhecer o trabalho de nossos servidores públicos, principalmente os da saúde, que passaram por momentos difíceis nessa pandemia desde março de 2020”, disse.

Para Cirone Deiró, os trabalhadores da Saúde fizeram um trabalho extraordinário, colocando a própria vida em risco para salvar vidas da sociedade rondoniense.

“Então, vocês (servidores da Saúde) têm o meu reconhecimento; a minha gratidão como parlamentar pelo trabalho feito nos diversos hospitais públicos e privados de Rondônia”, enfatizou.

Aeroporto de Cacoal

O deputado contou também que esteve reunido com o secretário da Casa Civil, Júnior Gonçalves, na tarde desta segunda-feira(22), onde reforçou a cobrança em relação ao PCCR da Saúde.

“Ele disse que houve entendimento entre os sindicatos, servidores e Governo do Estado, e que o governador aportará nessa casa, na próxima semana, a mensagem do PCCR da Saúde. Agora serão valorizados e reconhecidos! Cobrei também do secretário o PCCR da Sedam(Secretaria Estadual de Desenvolvimento Ambiental) e aos demais servidores de Rondônia, que ainda estão por vir para a Assembleia Legislativa”, declarou.

Outro ponto levantado por Cirone Deiró, durante a fala, foi a questão do fim dos voos da empresa Azul no município de Cacoal. Ele lembrou que já faz um ano que não tem voos no aeroporto da cidade, e o retorno estava previsto para o dia 26 de novembro.

“Precisamos que a Azul venha fazer esses voos da capital do Café. É uma cidade com 100 mil habitantes, mas com uma bacia de quase 500 mil pessoas. Nós temos a sociedade que usa esse aeroporto, empresários, produtores rurais, universidades e as clínicas de saúde, que traz profissionais de outras cidades para atender em Cacoal. Quero solicitar que o Governo do Estado através do Departamento de Aviação do DER (Departamento de Estrada e Rodagem), que entre em contato com a Azul para saber se tem interesse em retornar com esse voo para Cacoal. Caso não, temos que procurar outras companhias, seja Latam e Gol”, declarou.

Cirone Deiró pediu que essa demanda tenha apoio da bancada federal, para que os parlamentares se mobilizem e entrem em contato com Agência Nacional de Aviação Civil(Anac) e a Azul para que tomem providências.

“Quero encerrar agradecendo ao chefe da Casa Civil que nos atendeu em uma antiga reivindicação da reforma das escolas em Primavera de Rondônia, e a Escola Estácio de Sá, em Querência. A Casa Civil entrou em contato com a Seduc que se comprometeu, este ano ainda, que esse projeto estará aprovado e autorizado e recurso liberado para atender a essas duas escolas. Agradeço ao governador Marcos Rocha e o Chefe da Casa Civil, Junior Gonçalves, pela sensibilidade de atender as necessidades de nossas escolas estaduais”, finalizou.

Texto: Ivanilson Frazão Tolentino-ALE/RO

Foto: Thyago Lorentz-ALE/RO


Veja mais+

- Advertisement -

Veja Mais Notícias