Dois motoristas são presos na Operação Lei Seca em Ariquemes, RO

lei_secaDois homens foram presos por embriaguez ao volante, na madrugada deste domingo (27), durante a blitz da Operação Lei Seca em Ariquemes (RO), no Vale do Jamari. A ação foi realizada pelo Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran-RO), Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Ariquemes, Polícia Militar (PM) e pela Guarda Municipal.

A ação ocorreu entre as Avenidas Tancredo Neves e Canaã.

Em um dos casos, o motorista de 27 anos se recusou a realizar o teste do bafômetro, mas o termo de constatação para embriaguez ao volante foi confeccionado pelos agentes de trânsito, que constatou que o homem apresentava odor de álcool no hálito, agressividade, exaltação fala alterada, além de não saber a data e hora da abordagem.

No outro caso, um motorista de 56 foi abordado na blitz pelos guardas municipais, que pediram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e a documentação do carro que ele dirigia.

Os documentos estavam em dia e o homem foi convidado a realizar o teste do bafômetro, o qual apontou 0,37 mg/l.

O resultado do exame configurou o crime de embriaguez ao volante, tendo em vista que ultrapassou o limite permitido em lei de 0,34 mg/l.

Nos dois casos, os veículos foram removidos até o pátio da Ciretran de Ariquemes e os motoristas foram encaminhados até a Unidade de Segurança Pública (Unisp) do município.

Lei Seca

É considerado crime quando o motorista é flagrado conduzindo veículos com índice de álcool no sangue superior a 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido ou seis decigramas por litro de sangue.

A pena de detenção pode variar de seis meses a três anos, multa e suspensão temporária da carteira de motorista ou proibição permanente de obter a habilitação. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece multa de R$ 2.934,70, além de sete pontos na carteira. Os condutores também têm a CNH apreendida. ,

Se o motorista tiver cometido a mesma infração nos 12 meses anteriores, o valor da multa é dobrado.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA