23.8 C
Nova Iorque
segunda-feira, julho 26, 2021

Equipe da Agevisa reforça conhecimento sobre programas de enfrentamento a doenças virais, em Sergipe

RONDÔNIA – A Agência de Vigilância em Saúde (Agevisa) tem buscado, cada vez mais, inovação e aperfeiçoamento de serviços no enfrentamento a doenças virais, em prol da Saúde da população. Foi com esse objetivo que a equipe técnica da Agevisa fez a visita aos serviços de referência do Programa Estadual de IST, HIV/AIDS e hepatites, nesta semana, em Aracaju (SE).

Profissionais da Agevisa adquirem conhecimento de ações desenvolvidas nos serviços da Saúde de Sergipe

O estado de Sergipe foi escolhido pelo Departamento Nacional de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis do Ministério da Saúde (MS), pela atuação ativa e eficiente no agravo. Os profissionais de Rondônia estão conhecendo de perto, as experiências exitosas desenvolvidas nos serviços de enfrentamento à sífilis adquirida, em gestantes e congênitas.

De acordo com o diretor executivo da Agevisa, Edilson Batista, a ação foi planejada conforme o Termo de Cooperação Técnica da Agevisa, Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), Organização Mundial de Saúde (OMS) e Ministério da Saúde (MS). Com o diálogo formado e a coleta de dados dos trabalhos realizados pela Secretaria de Saúde de Sergipe, a Agevisa vai melhorar o serviço realizado em Rondônia, ampliando as ações de vigilância epidemiológica e atenção primária a saúde.

“Vamos levar melhorias nas ações de prevenção, notificação, investigação, controle e qualificação do banco de dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) e qualificar a linha de cuidado no atendimento às gestantes e recém-nascidos com vistas a eliminação da transmissão vertical da sífilis no Estado. Sergipe foi direcionado pelo MS, pelos trabalhos realizados com excelência. As estratégias que deram certo e trouxerem ótimos resultados, serão planejadas para inserção nas atividades em Rondônia, como: carro camisildo, ações educativas, controle de pacientes, busca ativa nas maternidades entre outras”, detalhou Batista.

A equipe técnica da Agevisa, composta por cinco profissionais da Saúde, retorna de Sergipe com a bagagem carregada de conhecimentos e estratégias a serem postas em prática, o mais breve possível.

Batista comenta ainda que essa é uma das diretrizes do Poder Executivo em primar pelo bem-estar da população, por meio de ações assertivas, trazendo como referência modelos que deram certo em outros estados e que podem ser aplicados no âmbito da Saúde rondoniense.

 

 

 

 

 

Fonte
Texto: Jaqueline Malta
Fotos: Edilson Batista
Secom – Governo de Rondônia

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- anuncio-

Últimas Notícias