Escola do Legislativo promove oficina para surdos

Libras1Teve início nesta segunda-feira (8), na Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa, em Porto Velho, a Oficina de Adaptação Linguística de Libras para Português, das 8h às 10h, com 17 alunos, ministrada pela instrutora Arine Holanda que também é surda e cursa Pedagogia. Segundo a instrutora da Escola do Legislativo, a oficina visa proporcionar às pessoas surdas maior conhecimento sobre sua segunda língua, que é o português, para quando encontrar um ouvinte utilizar além dos sinais, a escrita.

De acordo com a diretora Rosinete Sena, a Oficina de Adaptação Linguística de Libras para Português está contemplando os alunos que já estão fazendo o curso de Informática Básica para Surdos, das 10h às 12h, ministrado pelo instrutor Willian Sestito. “Essa oportunidade que está sendo oferecida pela escola para a comunidade surda está sendo incentivada pelo presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PP)”, destacou.

Para o aluno Bruno Henrique, que passou no vestibular para o curso de Administração, esta oficina é importante porque o surdo precisa conhecer as duas línguas, tanto Libras, quanto o português. “Esta é uma grande oportunidade de aprender mais sobre a língua portuguesa e nos motiva a sermos instrutores no futuro”, salientou.

Já a aluna Uiliane dos Santos Lima, que é graduada em Gastronomia, pós-graduada em Libras e está cursando Pedagogia, o fato de a instrutora ser surda também é uma forma de conhecer na prática a língua portuguesa. “Sem contar que posso aprender novas estratégias e formas de ensinar, utilizando esses conhecimentos em sala de aula”, frisou.

LibrasFonte: ALE/RO – DECOM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA