Estado e Prefeitura de Vilhena firmam parceria na recuperação de estradas na zona rural

A recuperação de estradas da zona rural de Vilhena vai contar com o apoio especial do Estado a partir deste mês. Recentemente o secretário municipal de Obras, Marcelo Boca, se reuniu com o diretor da residência de Vilhena do DER (Departamento de Estradas e Rodagens), Diego Delani Cirino dos Santos. Do encontro surgiu uma parceria importante para o andamento fluído dos trabalhos de patrolamento, nivelamento e encascalhamento na zona rural do município.

“No Termo de Cooperação ficou definido que o DER vai nos ajudar a recuperar estradas que seriam de nossa responsabilidade, quando eles estiverem mais próximos da região. E nós também vamos contribuir da mesma forma, nas ocasiões em que nossas máquinas estiverem realizando obras nas cercanias de linhas do Estado”, conta Marcelo.

Alguns impasses devem ser resolvidos com essa medida. Há várias estradas que fazem parte do território de outros municípios vizinhos, mas que não têm conexão com outras estradas em seus municípios. Ou seja, os produtores e moradores da localidade têm que sair por Vilhena para ter acesso à cidade.

Com essa parceria, mesmo que a estrada seja de jurisdição do Estado, o município, poderá, através do termo de cooperação, melhorar a trafegabilidade desses produtores, visto que eles acabam escoando seus produtos para Vilhena, já que estão “encurralados” nas linhas onde moram.

A Prefeitura, assim, já realizou trabalhos nesse sentido na “Estrada Velha de Colorado”, em direção a Nova Conquista e na linha Rio Vermelho. No período chuvoso o Estado dará sua contrapartida, oferecendo maquinário e apoio para garantir que as estradas da zona rural que são de responsabilidade da Prefeitura não se deteriorem.

“Vilhena tem mais de 2.600 km de estradas vicinais na zona rural em todo o seu território. Boa parte delas são de solo arenoso, o que exige trabalhos constantes. Essa parceria entre Prefeitura e Governo é de suma importância, pois ambas trabalham em prol da população. Algumas estradas são consideradas corredores agrícolas e têm sido vitais para produtores rurais transportarem seus alimentos até a cidade”, analisa Diego, diretor do DER Vilhena.

Semcom

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA