Febre do ouro leva mais de duas mil pessoas para ‘garimpo’ no MT

OUROUma serra localizada a 20 quilômetros da cidade de  Pontes e Lacerda (a 450 quilômetros de Cuiabá) vive uma verdadeira ‘corrida pelo ouro’ e já é chamada de “Serra Pelada de MT’. Grandes pepitas de ouro, amplamente divulgadas pela internet e por meio de aplicativos celulares, chamam a atenção e ‘acirram’ a disputa por espaço. A estimativa é de que mais de duas mil pessoas, nos últimos 15 dias, estejam trabalhando na mineração.

Procurada pela reportagem do Olhar Direto, investigadores da Delegacia Municipal de Pontes e Lacerda, informaram que o delegado Gilson Silveira do Carmo, titular da unidade, já realizou diligências pelo local e chegou a realizar detenções. Entretanto, o número de conduzidos não foi divulgado.

Por causa da extração desordenada, imagens divulgadas como sendo da área, mostram a devastação da região, além de um aglomerado de pessoas e de alojamentos instalados.

Nas redes sociais é cada vez maior a disseminação de informações: “Mina de ouro descoberta em Pontes e Lacerda (MT) causa alvorço na população”, diz o Cabo da PM,  Davino Padilha Vieira Neto, em postagem no Facebook. A publicação ganhou mais de 190 compartilhamentos em um período de 15 horas.

A propagação das imagens acaba influenciando na ida de mais pessoas para a serra. Diversos veículos, entre automóveis, motos e caminhonetes, novos e usados, podem ser encontrados pelo caminho, o que demonstra que pessoas de diversas classes sociais estão na corrida pelo ouro.

Levantamento

Dados do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) mostram que em 2014 a cidade de Pontes e Lacerda exportou mais de 21 milhões de dólares em ouro. Já em 2015, até setembro, 1,7 milhão de dólares.

A onça troy do ouro encerrou a última semana cotada em mais de 1,16 mil dólares. A onça troy equivale a cerca de 28,35 gramas de ouro.

Fonte: OlharDireito

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA