quarta-feira, agosto 10, 2022

Homem mata ex-mulher, ex-sogra e ex-cunhada em Brumadinho (MG)

O ex-sogro também foi ferido. O suspeito de ser o autor dos disparos fugiu e é procurado pela polícia.

LEONARDO AUGUSTO (FOLHAPRESS) – Três mulheres de uma mesma família foram assassinadas a tiros e uma ficou gravemente ferida no fim da tarde desta terça-feira (12) depois de discussão com o ex-marido de uma delas em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte.
 O ex-sogro também foi ferido. O suspeito de ser o autor dos disparos fugiu e é procurado pela polícia.

A discussão começou depois de o ex-marido, de 35 anos, chegar à casa da ex-mulher, 32, para buscar os filhos. Os dois começaram a discutir e o suspeito a ameaçou de morte. O pai da mulher, 61, interveio em defesa da filha. Neste momento, o suspeito sacou uma pistola e começou a disparar.

Foram atingidas e mortas a ex-mulher, com tiros na cabeça e no peito, a mãe dela, 56, com disparo no peito, e uma irmã, 33. Uma outra irmã, 28, também foi ferida e está internada em estado grave. O pai teve ferimentos leves e já prestou depoimento à polícia.

O idoso relatou à PM que o ex-genro, além da arma utilizada nos assassinatos, possui ainda um revólver e uma escopeta. O homem chegou de carro à casa da família e fugiu a pé em direção a um rio que corta a região.

A Polícia Militar disse que as crianças estavam na casa no momento dos tiros, mas que não há no boletim de ocorrência informações sobre a quem foram entregues.

O autor dos disparos já vinha fazendo ameaças à ex-mulher havia cerca de um mês, desde o término do relacionamento. A família, no entanto, não prestou queixa por temer a reação do suspeito.

Um carregador da arma utilizada nos assassinatos, com oito balas não deflagradas, foi encontrado dentro do veículo que o homem utilizou para chegar à casa da família.

A Polícia Civil investiga o caso. Os corpos das vítimas foram levados para o IML (Instituto Médico-Legal) para necropsia.


Veja mais+

- Advertisement -

Veja Mais Notícias