quarta-feira, agosto 10, 2022

Ídolo do Brasil, Petkovic volta ao futebol profissional aos 49 anos

O sérvio mais brasileiro da história volta a surpreender o mundo do futebol com uma notícia do colunista Fabiano de Abreu do Record de Portugal, que pode encher de felicidade os seus fãs não só no país tropical, como também em todas as partes do mundo. Com passagens marcantes pelos maiores clubes brasileiros, com destaque ao Flamengo, Pet se sagrou ídolo do clube de maior torcida do mundo por vários motivos.

Desde gols olímpicos ao inesquecível gol de falta contra o Vasco, aos 43 minutos do segundo tempo no segundo jogo das finais do Campeonato Carioca de 2001, motivos para que os rubro-negros o carreguem no coração não faltam.

Petkovic pendurou as chuteiras em 2011, aos 38 anos. Onze anos depois, o ‘Rambo da Sérvia’, como é conhecido, aos 49 anos de idade, surpreende a todos com a notícia de que está inscrito no campeonato da cidade de Niš, pelo Real Niš, da segunda divisão. Até aqui foram duas partidas na liga e um na copa da localidade, com seis gols marcados, disputando a artilharia do campeonato. Há perspectiva de que ele dispute ao menos mais um jogo em cada campeonato.

A notícia deixa claro que o craque sérvio ainda não enxerga o momento de parar de fazer o que ele melhor faz na vida: jogar futebol. Atualmente, Pet tem assumido inclusive um papel de protagonista na equipe em que defende, jogando no tradicional meio campo, e vestindo a tão bem acostumada com ele camisa 10.

Pet deve voltar a campo já na próxima semana, antes de voltar ao Brasil. Atualmente o craque é comentarista da Sportv e em nenhum momento, como era de se esperar, se distanciou do futebol.

A pergunta que fica é: com um currículo desse, há alguma dúvida de que Dejan Petkovic teria lugar em muitos times do mundo? E voltar ao Brasil? A resposta dessas perguntas ficam a cargo do leitor.


Veja mais+

- Advertisement -

Veja Mais Notícias