quarta-feira, junho 29, 2022

Irmãos confessam assassinato de Dom e Bruno na Amazônia

Os dois criminosos foram levados pela Polícia Federal para a área de buscas pela dupla, cujo paradeiro era desconhecido desde o dia 5 de junho

Por Redação / Diário da Amazônia

Nesta quarta-feira (15) Amarildo da Costa de Oliveira, o Pelado, e o irmão dele, Oseney da Costa Oliveira, conhecido como Dos Santos, confessaram  terem assassinado o indigenista brasileiro Bruno Pereira e o jornalista inglês Dom Phillips na Amazônia.

O Radar confirmou a informação, divulgada pela TV Bandeirantes, com autoridades que atuam nas buscas.

Segundo o depoimento os dois foram levados pela Polícia Federal para a área de buscas pela dupla, cujo paradeiro era desconhecido desde o dia 5 de junho.

O desaparecimento do jornalista e do indigenista foi alertado pela União dos Povos Indígenas do Vale do Javari há dez dias. Os Os dois foram vistos pela última vez no dia (5), ao passar pela comunidade do Amazonas de São Rafael.


Veja mais+

- Advertisement -

Veja Mais Notícias