domingo, setembro 19, 2021

Mais de 40% dos contratados no mês de julho foram para o setor do comércio em Rondônia

(Foto: Reprodução)

O setor do comércio foi o que mais garantiu novas carteiras assinadas em Rondônia no mês de julho deste ano, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Das 11.791 contratações do mês, 5.026 foram para o comércio, representando 42,6% do todo.

O setor, apesar de ter o maior número de demitidos, também foi o que teve o maior saldo – a diferença entre admissões e desligamentos. Mesmo com 3.930 pessoas tendo sido desligadas das empresas, o comércio ainda terminou o mês com 1.096 mais contratados.

Em segundo lugar no ranking entra o setor de serviços, com 3.670 admissões e um saldo final de 696 postos de trabalho. Em último lugar ficou a agropecuária, que foi o que menos demitiu, mas também o que menos contratou, terminando com um saldo de apenas 114 novos empregados na área.

Admissões e desligamentos em Rondônia

Setores Admissões Desligamentos Saldo
Comércio 5.026 3.930 1.096
Serviços 3.670 2.974 696
Indústria 1.982 1.686 296
Construção 829 662 167
Agropecuária 284 170 114
Total 11.791 9.422 2.369

Em comparação com os meses anteriores, julho foi o segundo com o maior número de novos postos de trabalho criados, atrás apenas do mês de junho, que teve um saldo 2.792 novos empregos.

Janeiro foi o pior mês do ano até então, com apenas 608 novos empregos em todo o estado. Nenhum mês deste ano teve um saldo negativo de empregos.

Dos novos contratados, 1.650 tinham o ensino médio completo e 1.594 tinha entre 18 e 24 anos. Na divisão por faixa etária foi percebido uma diminuição de pessoas com idades acima dos 50 anos no mercado de trabalho formal.

Região Norte

Rondônia é o terceiro estado na Região Norte em número de novos empregos criados no mês de julho, atrás de Pará e Amazonas. O estado com o menor número de postos de trabalho criados foi Roraima, com um saldo de 332 empregos.

  1. Pará – 9.224
  2. Amazonas – 7.286
  3. Rondônia – 2.369
  4. Tocantins – 1.606
  5. Acre – 806
  6. Amapá – 794
  7. Roraima – 332

Fonte: G1RO

Publicação anterior

Advertisment

Outras notícias

CDL Cacoal defende retorno de voos da Azul

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Cacoal (CDL Cacoal) une-se as demais entidades de classe, no sentido de solicitar o retorno dos voos da...

Brisa da Mata será o primeiro condomínio residencial de sobrados geminados em Cacoal

Em Cacoal, o mês de setembro de 2021 será marcado pelo lançamento de mais um grande empreendimento. Responsável por residenciais e condomínios como Vila...

Coluna Marisa Linhares 16 de setembro

EQUIPE DE VENDAS FIAT PSV Registrei na PSV CACOAL do renomado Grupo Gilberto Miranda em Rondônia, a gerente de vendas Rute Mandrick com os consultores...