23.8 C
Nova Iorque
sexta-feira, julho 30, 2021

Médicos Tradicionais são mandados embora do Hospital Regional

A mulherada de Vilhena ficara órfã no Hospital Regional

A reclamação é a boca miúda porque a Prefeitura fez uma licitação para terceirizar os serviços de atendimentos, nas áreas de ginecologia e obstetrícia, pois agora o atendimento passa a ser por médicos novatos que nem especialização tem na área. O assunto está causando um alvoroço e se espalha na cidade, como pólvora em uma guerra.

Mulheres tradicionais na cidade acreditam que isso será um tiro no pé do Prefeito Eduardo Japonês, isso porque ele tem pretensões políticas mais para frente. Essa novela já aconteceu em Vilhena, na administração do Prefeito Heitor Batista em meados dos anos 90, quando terceirizou o atendimento no Hospital, e antes de melhorar ficou pior.

O pior, segundo as reclamações, é que os novos administradores são pessoas de fora do Estado de Rondônia, incapazes de conhecer a realidade local. Principalmente o atendimento no polo Vilhenense que atende a mais de 200 mil pacientes vindos do Cone sul do estado e do norte do Mato Grosso.

A empresa na época intimou os prefeitos de cada município para pagar pelo atendimento de pacientes oriundos daqueles municípios, porque o Hospital não era federalizado, foram atritos a cada atendimento que gerou uma revolta geral.

A reclamação da mulherada foca-se, principalmente, no nome do tradicional ginecologista, Renato Bueno, que a mais de três décadas presta serviço e tem elogios vindos de todos os cantos do Brasil.

A Folha de Vilhena, vai partir para ouvir a justificativa que será apresentada pela Nova Secretaria de Saúde, e esta aberta para qualquer esclarecimentos.

Autor : Osias Labajos

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- anuncio-

Últimas Notícias