23.8 C
Nova Iorque
sexta-feira, julho 23, 2021

Mulher é atacada a marretadas pelo marido que escavou cova no fundo de casa para enterrá-la

Um homem de 52 anos de idade, que não teve a identidade divulgada, está foragido após ter tentado matar a esposa com golpes de marreta na noite desta sexta-feira (9), no bairro Montreal Park, em Sinop (498 km de Cuiabá). Na ocasião, ele ainda cavou uma cova nos fundos da casa do casal, onde seria enterrado o corpo da vítima. A ação foi interrompida com a chegada da polícia.

De acordo com informações da Polícia Militar, os agentes da corporação foram acionados por volta de 00h21 deste sábado (10) para atender uma tentativa de homicídio. Em posse do pedido, os militares imediatamente se deslocaram até o endereço.

No local, os policiais encontraram a mulher caída no chão, gravemente ferida e inconsciente, com uma corda enrolada nos braços. Uma equipe do Corpo de Bombeiros, então, foi solicitada para realizar o atendimento de primeiros socorros da vítima. Não foi possível confirmar o atual estado de saúde da mulher.

Aos agentes, vizinhos disseram que o suspeito fugiu quando percebeu a aproximação da polícia. No interior da casa, havia sangue por várias partes dos cômodos, onde também foi encontrada uma marreta suja de sangue ao lado de uma poça, também suja de sangue.  
Na parte de trás da residência, foi encontrado ainda a escavação de um buraco de aproximadamente 0,8 metros de largura, 1,2 metros de comprimento e 0,6 metros de profundidade. A cova, segundo os vizinhos, possivelmente, seria utilizada para enterrar o corpo da vítima.

Próximo ao burado foi encontrado sangue e cabelo, o que denota crueldade e frieza do suspeito na violência praticada contra a vítima. Durante as agressões, a mulher lutava contra o suspeito para continuar viva, chegando a fugir para o portão da casa, onde continuou sendo atingida com golpes de marreta até a chegada dos militares.

O episódio foi assistido por duas crianças que estavam dentro da casa, uma delas com problemas mentais e outra de aproximadamente 7 anos de idade. Diante dos fatos, uma equipe do Conselho Tutelar de Plantão esteve no local e acolheu as crianças. 
Equipes de polícia realizaram rondas pela região para localizar o suspeito, porém, até a data do registro de boletim de ocorrência ele não havia sido localizado.

Notícias relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- anuncio-

Últimas Notícias