sábado, setembro 18, 2021

Não foi saque: balsa com carga de alimentos vai a pique e moradores recolhem produtos

Ao notarem o acidente, à altura do Seringal Santa Catarina, eles recolheram açúcar, óleo vegetal e outros alimentos transportados pela embarcação.

PORTO VELHO – A rotina da terra natal da artista plástica Rita Queiroz foi quebrada hoje, 9, pelo naufrágio de uma balsa que se destinava a Manaus (AM). A balsa quase totalmente tombada foi vista por moradores da região, que chegaram em pequenas embarcações e começaram a levar a carga para consumo próprio, ou, conforme dedução policial, também para revender os produtos.

“Parece que essa balsa tocou no pedral do rio e foi descendo. Eles (pilotos) foram tentando amenizar as coisas, mas não conseguiram”, disse uma fonte ao site G1.

Até à noite não fora informado o nome do proprietário da carga, nem o volume total dos produtos. Uma fonte policial da Rádio Caiari FM informou que ele próprio autorizara o recolhimento dos produtos

Ainda, segundo o G1, a Marinha do Brasil confiou a uma equipe de inspeção naval da Agência Fluvial de Humaitá apoiar o proprietário da carga e coletar informações a respeito do acidente.

As circunstâncias do acidente serão investigadas pela Marinha e o inquérito será encaminhado ao Tribunal Marítimo.

Veja o vídeo

 

Publicação anterior

Advertisment

Outras notícias

CDL Cacoal defende retorno de voos da Azul

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Cacoal (CDL Cacoal) une-se as demais entidades de classe, no sentido de solicitar o retorno dos voos da...

Brisa da Mata será o primeiro condomínio residencial de sobrados geminados em Cacoal

Em Cacoal, o mês de setembro de 2021 será marcado pelo lançamento de mais um grande empreendimento. Responsável por residenciais e condomínios como Vila...

Coluna Marisa Linhares 16 de setembro

EQUIPE DE VENDAS FIAT PSV Registrei na PSV CACOAL do renomado Grupo Gilberto Miranda em Rondônia, a gerente de vendas Rute Mandrick com os consultores...