No dia do trabalhador, Enfermagem de Rondônia cobra melhorias salarias

Protesto enfermeirosNo dia do trabalhador (1° de Maio) enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem do Estado de Rondônia, vestiram preto em protesto ao descaso com que vem sendo tratado o PCCR dos servidores da saúde.

Segundo a categoria, são quase 10 anos sem ajustes, não recebem insalubridade há mais de 5 anos, condições de trabalho desumanas e um salário que não chega a 3 salários mínimos para o nível superior. “disse a comissão Permanente de negociação dos servidores em Saúde”.

Fonte: Assessoria

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA