Nova tecnologia na sinalização tem durabilidade dez vezes maior

faixasA Empresa Municipal de Transportes Urbanos (EMTU) de Ji-Paraná está implantando um novo conceito no tocante à sinalização horizontal de trânsito. Nos principais cruzamentos da cidade a pintura convencional de faixas está dando lugar ao laminado elastoplástico, já adotado com êxito nas principais capitais e grandes municípios brasileiros. Este novo material é fixado ao piso por meio de um aderente líquido próprio, colando instantaneamente no pavimento, seja ele asfáltico ou com blocos de concreto (bloquetes).

A vantagem é que o trânsito pode ser liberado imediatamente e sua durabilidade é dez vezes maior do que a aplicação convencional de tinta no solo. “Este laminado pode durar até três anos em vias com trânsito médio de 20 mil veículos por dia. A pintura simples começa a apagar seis meses depois de sua instalação”, explica o especialista em Gestão e Direito do Trânsito da EMTU, Ronildo Pereira.Além do formato de faixas o material pode ser fornecido também no formato de setas, números, símbolos ou de letras.

Há também outros fatores para atestar a qualidade do novo material: é antiderrapante, não absorve impurezas da superfície, autolimpante na presença de chuva, é flexível e, por isso, acompanha as asperezas do solo e aumenta sua fixação no chão à medida que os veículos vão passando. Segundo o diretor de Trânsito de Transporte, Walter Leitão, ao todo Ji-Paraná vai receber 2.869 metros quadrados de laminado e este trabalho prossegue nos próximos meses, de acordo com um planejamento estabelecido pela EMTU, com prioridade os pontos de maior fluxo de trânsito e nas áreas próximas das escolas.

Fonte: Assessoria

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA