Polícia descobre serraria clandestina em reserva legal e fazendeiro pode ser multado em até R$10 milhões em RO

madeirasA Polícia Militar Ambiental (PMA) descobriu uma serraria clandestina que funcionava dentro de uma reserva legal, em Colorado do Oeste (RO), no Cone Sul. Mais de 31m³ de toras e vigas de madeira foram encontradas armazenadas no local. O proprietário da fazenda disse à polícia que não tinha licença para fazer a extração, e por isso, ele pode receber multa de até R$ 10 milhões.

De acordo com o boletim de ocorrência, a polícia chegou ao crime por meio de uma denúncia anônima. Uma patrulha foi até a fazenda citada pelo denunciante, e no centro da propriedade, encontrou uma serraria portátil ligada a um gerador e a um quadro de energia.

Na área, a polícia encontrou ainda serragens, toras de madeira ‘in natura’ e marcas de pneus de trator, correntes e cabos de aços geralmente usados para arrastar toras.

O proprietário das terras, um homem de 42 anos, foi localizado e disse que extraia as madeiras e as armazenava atrás da sede da fazenda. Foram apreendidas no local mencionado 20,5m³ de vigas e 11,2m³ de toras de madeira.

A polícia deu ordem de prisão ao fazendeiro o ele foi conduzido até a delegacia. De acordo com o delegado Fernando Oscar Matias, o suspeito ainda não foi ouvido, mas o inquérito foi instaurado para investigar o caso.

“Após a realização das perícias necessárias, bem como a oitiva das testemunhas, os responsáveis pelos supostos crimes ambientais serão punidos”, declarou o delegado.

Segundo o policial ambiental que participou da operação, Michael Barbosa da Silva, a quantidade de madeira encontrada na propriedade rural, os mais de 31m³, equivale a um caminhão de grande porte.

“Não há dúvidas de que a madeira foi retirada da reserva legal da fazenda. Além de sofrer no campo penal, a multa por desmatamento é de R$ 5 mil por hectare, e a de manter serraria clandestina vai de R$ 500 a R$ 10 milhões”, disse.

As madeiras e a serraria portátil foram levadas para o pátio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos de Colorado do Oeste.

madeiras1

madeiras2Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA