Presos tentam fugir e, sem sucesso, iniciam motim, em Pimenta Bueno

presidiopimentaQuatro presos do presídio de Pimenta Bueno (RO), a 520 quilômetros de Porto Velho, tentaram fugir nesta terça-feira (21). De acordo com agentes penitenciários, a tentativa de fuga, seguida por princípio de motim, aconteceu porque os presidiários estariam insatisfeitos com o corte de algumas “regalias”. A situação só foi controlada após a chegada da Polícia Militar (PM), que precisou usar balas de borracha para conter os ânimos.

Segundo o agente penitenciário William Gomes, após a tentativa de fuga ser descoberta, quando os presos foram flagrados cerrando as grades das celas, na manhã desta terça, os 120 apenados da unidade também começaram a se rebelar durante a revista de rotina. “Todos estavam bastante exaltados, sendo preciso o auxílio da PM e do Corpo de Bombeiros para conter os ânimos. No entanto, ninguém ficou ferido com mais gravidade”, explica.

Conforme o comandante da Polícia Militar no município, tenente Thiago Campos, a PM entrou na unidade por volta das 12h30 e gastou cerca de uma hora para controlar a situação. “Não houve negociação, pois eles não exigiram nada, porém estavam muito agitados, sendo preciso o uso de munições não letais [balas de borracha] para contê-los”, relata.

O comandante reafirmou que, apesar de toda confusão, não houve feridos, apenas prejuízos materiais, já que várias celas foram danificadas.

Sobre as “regalias” que teriam sido cortadas, nenhum agente falou sobre o assunto. Os servidores apenas informaram que o diretor do presídio deve conceder uma entrevista coletiva nesta quarta-feira (22) para explicar o caso.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA