Produção de café e leite cresce mais de 150% em quatro anos em Rondônia

CafeA soma das produções do café e do leite de Rondônia cresceu 158,5%, quando comparada a produção de 2011 com a de 2015. Mais de R$ 1 bilhão em linhas de crédito estão disponibilizadas para o produtor rural investir nesta safra.

Pelos dados da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), no pico produtivo Rondônia registrou 800 mil sacas de café colhidas, em 2011. Atualmente, a colheita chega a 1,8 mi de sacas/ano apresentando um crescimento de 125% nos últimos quatro anos. Já o leite teve aumento de 33,5%.

O volume pulou de 1,9 mi litros/dia em 2011 para 2,6 milhões em 2015. “Atribuímos esse fortalecimento do setor produtivo ao empenho do governo estadual em apoiar e incentivar o homem do campo na implantação de genéticas animal e vegetal”, disse o diretor vice-presidente da Emater, José de Arimateia da Silva, destacando a modalidade clonal para o café conilon e a inseminação bovina.

O setor produtivo, por meio da agricultura familiar, se fortalece com a entrada de mais de 500 agroindústrias em pleno funcionamento no estado. “Na região de Ji-Paraná temos 60 agroindústrias em funcionamento e outras 40 em fase final de implantação”, informou José Ribeiro da Silva Filho, assessor estratégico da regional.

Créditos

Os bancos da Amazônia, do Brasil e a Caixa Econômica Federal anunciaram na semana passada, em Ji-Paraná, que já dispõem de linhas de créditos direcionadas ao fomento do setor produtivo rondoniense. “O montante de mais de R$ 1 bilhão está disponíveis ao homem do campo. Basta apenas que o interessado procure um dos técnicos extensionistas da Emater para elaborar o projeto na área desejada”, orientou o vice-presidente da Emater.

Fonte: Portal Amazônia

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA