Profissionais participam de oficina contra a violência, em Cacoal

PalestraServidores de vários órgãos integrantes da Rede de Assistência às Vítimas de Violência, em Cacoal (RO), participam de uma oficina de implementação de ações que visa melhorar o atendimento prestado às vitimas de violência no município. O encontro teve início nesta segunda-feira (13) e segue até terça-feira (14).

De acordo com coordenadora de Violência em Saúde, Ivani Gromann, um dos grandes desafios da rede é fazer que com as vítimas de violência notifiquem as agressões sofridas. Por outro lado, é preciso que os servidores estejam preparados para dar suporte para esta população.

“Pelo fato da rede de atendimento ter sido implantada há pouco tempo, as pessoas ainda deixam de notificar vários tipos de violência, um exemplo é a violência sexual, que por vergonha ou medo, muitos não denunciam”, diz a coordenadora, ressaltando que não há uma estatística do número de violência no município, tendo em vista que os órgãos responsáveis pela notificação dos casos, ainda não estão preparados para a função.

“O objetivo principal dessa oficina é fazer com que cada órgão desempenhe seu papel. Somente com profissionais capacitados será possível oferecer um atendimento melhor às vítimas”, explica.

Segundo a enfermeira Inácia Maria Morena, uma das palestrantes, as notificações dos casos de violência são importantes para conhecer a realidade do município e assim acompanhá-los. “Esses profissionais precisam estar preparados não só para notificar os casos, mas para acompanhar as vítimas na volta para a sociedade”, revela.

A Rede de Assistência as Vítimas de Violência, em Cacoal começou a ser estruturada em 2010, em parceria com diversos órgãos e entidades publicas.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA