Rede Amazônica completa 43 anos em Porto Velho e Guajará com projeto para ampliar seu sinal

rede amazonicaNesta quarta-feira (13) a Rede Amazônica completa 43 anos de instalação em Porto Velho e Guajará-Mirim. Com o compromisso de integrar e desenvolver a região Amazônica, a Rede celebra a data com a promessa de ampliação do sinal, para levar informação de qualidade às mais distantes comunidades rondonienses, além de já estar presente em 26 localidades de Rondônia, entre municípios e distritos.

“Nosso compromisso é dar continuidade ao desafio que começou com o jornalista Phelippe Daou”, explica a diretora executiva da Rede Amazônica Rondônia, Jucy Canizo. Ela lembra do esforço que foi feito pelo grupo Rede Amazônica para atender à população de Rondônia em uma época em que o estado vivia praticamente isolado do restante do país.

“A emissora acompanhou a evolução da nossa terra, que passou de território para estado, recebeu imigrantes e enfrentou fases de desenvolvimento. Muita coisa mudou nesse tempo”, salienta.

Ultrapassar fronteiras, esse é o objetivo da Rede que, ao longo de sua história, venceu rios e derrubou barreiras para levar ao caboclo o potencial da comunicação, divulgando seus valores e informando sobre o que acontece no Estado, no Brasil e no mundo.

A principal afiliada da Rede Globo na região Norte chega aos 43 anos nos dois municípios, a capital e na fronteira com a Bolívia, Guajará-Mirim, com vitalidade. “Hoje contamos com um time de primeira categoria que, unido e ciente de seu compromisso com a região amazônica, produz conteúdo diversificado nas múltiplas plataformas, desde da televisão à internet”, complementa Jucy Canizo.

Com o aplicativo Tô Na Rede, a mais recente ferramenta de integração da Rede Amazônica com seu público, a emissora passa a produzir conteúdo de informação e entretenimento com participação direta do público.

O aplicativo, que já foi baixado por centenas de telespectadores, contribui para que a Rede produza conteúdo ainda mais rico e para a formação de cidadãos atuantes, que fazem a diferença na busca por um mundo melhor. “É o nosso foco e o motivo pelo qual vamos continuar trabalhando”, salienta a diretora executiva.

História

A sede da Rede Amazônia fica em Manaus (AM) e foi fundada em 13 de setembro de 1974 pelo visionário e jornalista Phelippe Daou, que sempre teve como objetivo ‘Integrar e desenvolver a Amazônia’.

A Rede Amazônica inaugurou em Porto Velho no dia 13 de semtembro de 1974, como TV Rondônia. Em 1980 a emissora passou a ser afiliada da Rede Globo, e no mesmo ano inaugurou o atual prédio, que é localizada na Rua Miguel Chakian no Bairro Nova Porto Velho.

Já no ano de 2012, em 1º de junho, o Portal G1, das Organizações Globo, é oficializado para a divulgação das matérias jornalísticas por internet.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA