Rondônia terá controle de segurança integrado

segurança-integradaRondônia receberá ainda este ano investimentos do Governo Federal para a construção do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) em Porto Velho. Uma equipe da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça esteve reunida na Secretaria do Estado Defesa e Cidadania (Sesdec) para apresentar o projeto de expansão.

O investimento dos centros supera os R$ 300 milhões em todo o País, sendo que cada Estado receberá, em média, R$ 13 milhões. Todo projeto será financiado pelo Governo Federal e o Estado terá que fornecer apenas o espaço físico ou terreno para implantação.

Os CICCs irão fortalecer as políticas públicas de enfrentamento ao crime e à violência. As unidades abrigarão o centro integrado das inteligências, sala de crise, call center, vídeomonitoramento e uma central de processamento de dados. Lá estarão integrados órgãos ligados à segurança, entre eles, Exército, Marinha, Aeronáutica, além das polícias Civil e Militar, Defesa Civil, Samu e a Polícia Rodoviária Federal.

O mesmo sistema já foi implantado nos Estados que sediaram a Copa do Mundo no Brasil e é um investimento necessário para melhorar a segurança e prevenir situações de crise.

Segundo o diretor de projetos da Senasp, Leonardo Ferreira, o objetivo dos CCICs é disponibilizar recursos para que as forças de segurança trabalhem de forma integrada, não apenas em termos intermunicipais, mas também interestaduais. De acordo com o secretário de Segurança, Antônio Carlos dos Reis, a implantação dos CICCs é um grande avanço para a região, não só pela tecnologia que se traz, mas pela união das forças de segurança. “Com a integração da União, Estados e Municípios teremos mais subsídios para atuar, tanto na segurança da capital, bem como das fronteiras”.

Participaram do encontro representante das forças de segurança municipal, estadual e federal, além de órgãos como Samu, que apresentaram a realidade do serviço oferecido atualmente para a sociedade.

Fonte: Assessoria

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA