Seduc realiza reunião com secretários municipais de Educação de Rondônia

seducCom o objetivo de diminuir a evasão escolar e melhorar os índices de educação do Estado, a secretaria de educação de Rondônia, Fátima Gavioli, realizou reunião extraordinária com os secretários de educação dos municípios que estão participando do projeto Acelera, que visa fazer a correção do fluxo escolar, ou seja, acabar com a distorção idade/ano escolar.

O governo de Rondônia investiu mais de R$ 3 milhões em material didático para atender, aproximadamente, 1.300 alunos de escolas municipais e estaduais de 6º ao 9º ano.

Mais de 30 municípios aderiram ao projeto. Os professores que vão trabalhar com o Acelera já receberam treinamento do Instituto Ayrton Senna, idealizador do projeto e o material já foi enviado aos municípios participantes. O problema é que o objetivo é atender 1.300 alunos em todo estado, mas alguns cidades ainda não atingiram o quantitativo programado. “Mesmo com tantas dificuldades, sobretudo financeiras, as intenções de parcerias continuam, a despeito dos cortes do governo federal na educação”, disse Fátima ao solicitar dos secretários municipais que todo esforço seja feito para que os 1.300 estudantes possam ser contemplados com o Acelera. “Corrigir essa distorção é proporcionar esperança aos alunos”, ressaltou Gavioli.

A secretária de educação de Ariquemes, Débora Raposo, que participou da reunião, disse que em sua cidade o objetivo é de ter 8 turmas com 25 alunos em cada. “Já temos 5 turmas completas e faltam 3 para alcançarmos o número de alunos”, afirmou Débora. Ainda segundo ela, a falta de professores é o motivo pelo qual ainda não completou as 8 turmas. “Vamos intensificar o trabalho e espero ter os três professores que faltam nos próximos dias, concluiu.

Fonte: Decom

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA