23.8 C
Nova Iorque
segunda-feira, julho 26, 2021

Dupla Sertaneja de Cacoal, com reconhecimento nacional, é aplaudida por canção tema do 1º Fórum Pró Cacau

Um canto à Cacoal e à sua gente

Na última sexta-feira, 02/07, a Câmara Municipal de Cacoal, RO, foi palco da realização do 1º Fórum Pró Cacau, um evento que atraiu o interesse de agricultores familiares, gente do agronegócio e instituições de governo. Para além da importância do evento, cujo objetivo é a retomada da cacauicultura no município, teve um atrativo a mais em sua abertura que foi a entoação do Hino do Município e logo em seguida a execução da música “Terra do Café e do Cacau”.

A Música-Tema foi solicitada à uma dupla cacoalense pelo vereador Romeu Moreira (DEM), autor do Projeto de Lei 4.770, que institui o dia 02 de julho como o Dia Municipal do Café e do Cacau em Cacoal.  Escrita por Oscar de Souza, o Douradense, e executada pela dupla Cuyabano e Douradense, com participação especial da dupla Thiago Viola & Carlos Lima, do Paraná, a canção aborda fatos que rememoram os primórdios de Cacoal.

Vereador Romeu Moreira (Esquerda e o prefeito Adailton Fúria) no Fórum Pró Cacau

O jovem prefeito de Cacoal, Adailton Fúria, entusiasmado com esta bela canção que que é um louvor à grandeza desta pujante cidade, convidou a dupla para “dar uma palhinha”, ou seja, cantar um pequeno trecho ao vivo e a dupla foi bastante aplaudida pelo público presente e pela audiência virtual, uma vez que o evento foi transmitido online.

A dupla Cuyabano e Douradense iniciou sua carreira em Cacoal em 2007 e ao longo dos anos foi se consolidando como uma das duplas de maior destaque em Rondônia, tendo um trabalho reconhecido inclusive em outros estados do país, onde participou de alguns eventos ao lado de outras figuras icônicas da música sertaneja. Cuyabano & Douradense também esteve presente em programas de TV, como o Programa do Ratinho e TV Aparecida, além de se apresentar em eventos ligados à agricultura, pecuária e o agronegócio em todo o Brasil.

Ao falar à nossa reportagem sobre a repercussão positiva dessa sua composição, os membros da dupla Cuyabano e Douranse afirmam que estão orgulhosos de divulgarem o nome da cidade e de Rondônia, nessa e em várias outras de suas canções, e, no caso específico de Terra do Café e do Cacau, externaram sua gratidão à dupla Thiago Viola & Carlos Lima, do Paraná, por sua parceria, abrilhantando ainda mais o trabalho.

A dupla se destaca por cantar a verdadeira música sertaneja raiz, à moda de viola, e tem como principal destaque a música “Três Estados Tão Queridos” no qual homenageiam os Estados de Mato Grosso do Sul (Terra natal de Douradense), Mato Grosso (Terra Natal de Cuyabano) e Rondônia, a terra amada que acolheu a dupla e por quem eles se orgulham de ser uma espécie de embaixador dessas “paragens do poente”, como diz o Hino de Rondônia.

Assim como muitas pessoas que habitam esta cidade, Cuyabano e Douradense também vieram de outros rincões do país, mas hoje se consideram como verdadeiros cacoalenses. Em suas apresentações, tanto Douradense quanto Cuyabano fazem questão de demonstrar o seu amor por esta terra, dantes matas exuberantes com cacau nativo, e que hoje é, além de a Capital do Café, também é um importante polo regional que se destaca por sua cultura, seu comércio e agroindústria, suas faculdades e por ser um setor de serviço importante, inclusive na área de saúde, além de ser o lar de gente acolhedora e confiante em um futuro promissor para esta e as futuras gerações.

VIOLA, UM INSTRUMENTO VITAL PARA A DUPLA
A dupla teve uma participação no Jornal Nacional, em 2010, quando a TV Globo apresentou uma série de reportagens sobre as diferentes regiões do país, intitulada Jornal Nacional no Ar. À Época, Cuyabano e Douradense cantou um trecho da canção “Três Estados Tão Queridos” durante a reportagem de Ernesto Paglia.

Cuyabano e Douradense contam que sempre buscam manter a simplicidade acima de tudo e consideram a viola um instrumento divino e que merece consideração e respeito. Eles contam que, apesar de não buscarem os holofotes, são gratos ao reconhecimento que recebem do povo de Rondônia e também de gente de outras regiões do país, que valorizam a boa música de viola e uma prova disso é que eles, já no início da carreira, receberam um convite para participar de um DVD gravado no centro histórico de São Francisco do Sul, SC, denominado “CAIPIRAS EM ALTO MAR”.

Esse reconhecimento não parou por aí, e hoje a dupla tem várias de suas músicas tocadas em todo o Brasil, com participações especiais principalmente nos Estados de Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, os três estados queridos cantados em verso e em prosa por essa dupla avessa à ostentação, mas com um coração cheio de amor por Terra do Café e do Cacau, a nossa amada Cacoal.

Por Daniel Oliveira da Paixão

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- anuncio-

Últimas Notícias