terça-feira, setembro 28, 2021

Vilhena: homem ameaça matar o próprio filho de 03 anos e se entrega após quase 5 horas de negociação com a Polícia

(Foto: Ilustrativa)

O caso foi registrado na noite deste domingo, 29 de Agosto, em um conjunto habitacional de quitinetes, localizado na rua Benedito Teixeira da Luz, no bairro BNH, em Vilhena.

A ação minuciosa e acertada da Polícia Militar garantiu a preservação da vida da criança e do infrator, que estava enfurecido e portando uma faca.

Conforme apurado, por volta das 19h30 o infrator, que foi identificado como Manoel e trabalha como açougueiro, invadiu a casa da ex-mulher e com uma faca, ameaçou executá-la.

Ela e duas outras crianças conseguiram correr e o infrator teria perseguido a vítima com uma faca, porém, ela conseguiu se esconder na casa de uma vizinha na rua ao lado. Testemunhas flagraram tal ato.

Na sequencia aos fatos, Manoel retornou ao imóvel e lá fez o próprio filho, de 03 anos, como refém, pegando-o no colo e segurando uma faca, fazendo ameaças de morte ao bebê e dizendo que trocava a vida da criança pela da mulher.

Várias guarnições da Polícia Militar foram empenhadas na ação, que contou com o apoio de equipes do Corpo de Bombeiros Militares, Patrulhamento Tático Móvel (PATAMO) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Foram quase 05 horas de negociação, realizadas pela Polícia Militar, através do Major PM Thiago, o qual manteve diálogo com Manoel, o acalmando e conversando com o mesmo, para que ele ficasse tranquilo e libertasse a criança e todos saíssem em segurança.

A reportagem do Rota  prestou apoio, atendendo ao pedido de uma policial, indo a praça da avenida Paraná, onde conseguimos um sorvete doado pela Rubão Sorvetes, que foi entregue na negociação, para alimentar o bebê. A criança dormiu no colo do pai após tomar o sorvete.

Após horas de negociação, Manoel disse aos policiais que tomou tais atitudes pelo fato de a ex-mulher não autorizá-lo a ver seus filhos e que perdeu a cabeça. Ela no entanto diz que reiteradas vezes ele a procura para reatar o relacionamento e fazer ameaças de morte.

Orientado, Manoel decidiu se entregar e largou a faca, ficou mais algum tempo com o filho no colo e decidiu entregá-lo à uma policial militar e definitivamente se entregou aos militares. A criança acordou e estava sem saber o que estava ocorrendo, mas calma e sem lesões.

Manoel foi preso em flagrante, levado para viatura e de lá, encaminhado para Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) e poderá ser indiciado por cárcere privado, ameaça, invasão de domicílio e violência doméstica.

A criança foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para checagem e entregue a mãe, que estava muito abalada com o ocorrido.

Ocorrências anteriores

Vizinhos relataram que na última quinta-feira, o homem já havia tentado invadir o local e a Polícia Militar teria comparecido no endereço, mas ele já teria fugido e que essa teria sido a ocorrência mais recente, mas outras já haviam ocorrido. A ex-mulher já possui medida protetiva contra Manoel.

Todo o caso deve ser levado ao conhecimento da Polícia Civil e o delegado tomará as medidas cabíveis pertinentes aos episódios.

Graças a ação pacifica da Polícia Militar de Vilhena/RO, não houve registro de feridos e o bem principal, que é a vida, foi garantido.

Fonte: Rota Policial News

Publicação anterior

Advertisment

Outras notícias

Operação Iara: PMRO realiza apreensão de quase 30 kg de pirarucu

A Polícia Militar do Estado de Rondônia (PMRO) por meio do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), realizou a apreensão de quase 30 quilos de...

Com dois dias de competição, Copa Vilhena de Vôlei de Praia apresenta disputas de alto nível

Torneio contou com a participação de atletas de diversos municípios e foi base para definir os representantes de Vilhena nos Jogos Intermunicipais de Rondônia Foi...

Adolescente recupera visão após cirurgia realizada pelo projeto “Enxergar” do Governo de Rondônia

Desde 2019, quando iniciou o projeto “Enxergar”, iniciativa do Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), a ação devolveu...