Ladrões cavam túnel de 180m para roubo milionário em cofre no Paraguai

Ladrões cavam túnel de 180m para roubo milionário em cofre no Paraguai

Criminosos conseguiram levar US$ 16 milhões da Associação dos Trabalhadores de Câmbio (ACT), em Ciudad del Leste, região de fronteira com PR

Um assalto cinematográfico chamou a atenção tantos pelos valores, como pela ação dos criminosos, em Ciudad del Este, no Paraguai, na fronteira com Foz do Iguaçu (PR). O roubo aconteceu na Associação dos Trabalhadores de Câmbio (ACT) e foram levados US$ 16 milhões, que correspondem a cerca de R$ 80 milhões.

Para chegar ao cofre do local, os criminosos escavaram um túnel de 180 metros e fizeram um buraco de 70 cm de diâmetro para entrar na Associação. De acordo com a polícia do Paraguai, o grupo criminoso usou até material acústico para evitar ruídos.

Os assaltantes conseguiram furtar o dinheiro de, ao menos, 180 cambistas.

Participação de brasileiros
De acordo com autoridades paraguaia, a Polícia Federal do Brasil se uniu às investigações para apurar se houve participação de facções criminosas brasileiras no crime, especialmente o PCC (Primeiro Comando da Capital).

A suspeita é de que o furto milionário tenha ocorrido durante o final de semana, em razão do feriado de San Blas, o padroeiro de Ciudad Del Este. No início da madrugada de sábado, aconteceram dois ataques a transformadores, e a região ficou sem energia elétrica durante algumas horas.

Fonte:

METROPÓLES

Por Laura Braga

EDIÇÃO PORTAL RONDÔNIA

Divulgação/Polícia do Paraguai

- Advertisement -

Últimas Notícias

Mais notícias